Polícia Ambiental apreende 152 animais em situação de maus-tratos no Embauzinho

Prefeitura de Cachoeira Paulista busca auxílio de abrigos e ONG’s da região para destinações; proprietário é presa e multada em R$ 456 mil

Animais encontrados em situação de maus-tratos em Cachoeira; Executivo busca alternativa para destinação dos bichos (Foto: Reprodução Polícia Ambiental)

Da Redação
Cachoeira Paulista

A Polícia Ambiental apreendeu 152 animais em situação de maus-tratos em Cachoeira Paulista na tarde da última quarta-feira (11), no bairro Embauzinho. Os bichos aguardam a destinação, que deve ser feita pela Prefeitura ainda nesta quinta. O Município busca auxílio de ONG’s (Organizações Não-Governamentais) de cidades vizinhas.

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidos 119 cães, 31 gatos, além de um porco e uma cabra. A Polícia Ambiental destacou que os animais não tinham raça definida. Muitos deles estavam frágeis, magros e o local não tinha higiene adequada, segundo os policiais que fizeram a apreensão.

A proprietária do imóvel foi presa e levada para a cadeia pública de Aparecida. Ela foi multada em R$ 456 mil e responderá por crime ambiental. Em nota, a Polícia Ambiental revelou que a mulher teria dito que os animais foram resgatados das ruas e estavam sendo acompanhados pela Vigilância Sanitária do município.

A Polícia Ambiental informou que os bichos ficaram sob custódia da Prefeitura de Cachoeira Paulista. Na manhã desta quinta, o Executivo buscava alternativas para alocar os animais em uma unidade de tratamento ou amparo. De acordo com o prefeito Antônio Carlos Mineiro (MDB), Cachoeira Paulista não tem um abrigo ou espaço apropriado. “Temos trabalhado nas castrações, nessas ações. Fomos contemplados com projeto de saúde animal gratuito para a população, mas não temos espaço físico. Estamos fazendo contato com ONG’s de outras cidades para tentar uma ajuda para destinar um pouco para cada lugar”, detalhou.

Até o fechamento dessa reportagem, não havia sido confirmado para onde os animais seriam destinados. Os gatos, cães, o porco e o cabrito permanecem na mesma casa, porém, com auxílio e monitoramento de uma cuidadora até que sejam destinados para abrigos.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?