Mineiro (MDB) vence eleição em Cachoeira e desbanca grupo de Edson Mota

Candidato do PMDB recebeu 7.890 votos; governo promete choque de gestão para recuperação da saúde

Com 7.890 votos, Antônio Mineiro é eleito prefeito de Cachoeira Paulista (Foto: Divulgação Assessoria)

Thales Siqueira
Cachoeira Paulista

Antônio Carlos Mineiro (MDB) foi eleito, neste domingo (15) prefeito de Cachoeira Paulista para os próximos quatro anos. Ele teve 7.890 votos, o que corresponde a 47% dos votos válidos, contra 6.258 (37,28%) de João Bosco Torrada (PSB).

Apesar da campanha ter sido intensa nas últimas semanas com áudios vazados, ataques e confusões entre as equipes de candidaturas opostas, a eleição foi tranquila durante todo o dia.
Segundo Diego Diniz, chefe do Cartório Eleitoral e o Sargento João Alves, que estava no comando da Polícia Militar, nenhuma urna apresentou problemas e precisou ser trocada. Também não foram registradas ocorrências em relação a crimes eleitorais.

Maior colégio eleitoral de Cachoeira Paulista, a escola Doutor Evangelista Rodrigues (Grupão), com 4.012 eleitores não houve nenhuma aglomeração e desrespeito às normas preventivas contra o novo coronavírus.

Disputaram também o cargo Elbon Fontes (PROS) que obteve 1.023 (6,09%), Dadá Diogo (PODE), com 5,37% dos votos (902), e Domingos Geraldo (PSDB) com 4,25% (713).

O município tem 33.581 habitantes e nesse ano 25.479 eleitores estavam aptos a irem às urnas. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) houve uma taxa de crescimento de 2% em relação à disputa eleitoral de 2016, que eram 24.971 votantes aptos.

Uma curiosidade na eleição de Cachoeira é que dos mais de 25 mil eleitores aptos, aproximadamente 53% do eleitorado da cidade é composto por mulheres.

Foram computados 18.415votos nesse pleito, sendo 651 brancos (3,54%) e 978 nulos (5,31%). As abstenções foram 27,72% (7.064). A soma de brancos, nulos e abstenções é de 8.693, ou 34,12% dos aptos a votar.

Mineiro, de 58 anos, é natural de Piquete, divorciado e empresário, dono de uma funerária na cidade.

O prefeito eleito afirmou, assim como durante toda a sua campanha, que a saúde virá em primeiro lugar no seu mandato. Algumas das propostas do plano de governo do Mineiro é trazer melhorias para a saúde de Cachoeira Paulista, como fazer funcionar novamente a maternidade, a UTI e o centro cirúrgico, além de melhorar e reformar a estrutura dos postos de saúde. A criação de uma farmácia de manipulação municipal também está em seus planos. “Nós trabalhamos bastante, bastante pra isso, e eu acho que Cachoeira vai ganhar muito. Cachoeira vai ganhar, nós vamos fazer uma equipe técnica e vamos colocar Cachoeira no caminho certo”, frisou Mineiro.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?