Com apoio de R$ 255 mil, Cachoeira organiza mostras artísticas

Projetos são beneficiados pela lei federal Aldir Blanc; primeira apresentação está marcada para o próximo dia 7

O projeto Jogando Xadrez e Dama está entre os selecionados para desenvolvimento em Cachoeira Paulista (Foto: Divulgação PMCP)

Da Redação
Cachoeira Paulista

Contemplados com recursos federais para se manterem em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), artistas de 24 projetos selecionados de Cachoeira Paulista iniciarão suas apresentações em locais públicos a partir do próximo dia 7. As mostras e oficinas culturais buscam levar entretenimento à população e incentivar o desenvolvimento artístico de crianças e adolescentes.

A Prefeitura de Cachoeira publicou um comunicado na última segunda-feira (22) em sua página oficial na rede social Facebook, revelando que o projeto ‘Jogando Xadrez e Dama’, desenvolvido pelo professor Cláudio Abreu, terá sua primeira apresentação no próximo dia 7, a partir das 9h, na praça Prado Filho, que fica na região central do município.

Além de disponibilizar mesas com tabuleiros para que o público possa aprender e jogar as modalidades, a organização revelou que o projeto conta com um tabuleiro e peças ‘gigantes’ de xadrez que serão colocadas no chão para que as crianças participem da ação de uma forma mais lúdica.

Já as duas próximas edições do Jogando Xadrez e Dama, que ocorrerão no mesmo horário da primeira, serão realizadas nas praças principais dos bairros São João (dia 14) e Jardim Trabalhista (dia 21). Em contrapartida, a última exibição do projeto, que contará com um torneio, será realizada na praça Prado Filho, no próximo dia 28.

Além do projeto de Abreu, outros 23 de Cachoeira Paulista foram contemplados no fim do ano passado com recursos do Governo Federal, por meio da Lei Aldir Blanc, regulamentada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no fim de agosto do ano passado. A iniciativa liberou R$ 3 bilhões para que artistas e espaços culturais de todo o país contassem com um auxílio emergencial em meio à pandemia.

Em Cachoeira, os projetos indicados pela Prefeitura para receberem o apoio federal, que totaliza R$ 255 mil, foram contemplados com recursos que variaram de R$ 800 a R$ 15 mil. “Diante do cenário de estagnação no universo cultural causado pela pandemia, a Lei Aldir Blanc veio como um alento para os artistas do Brasil, sendo vital a sua permanência e renovação também para o presente ano”, ressaltou o secretário de Cultura e Turismo de Cachoeira, Adriano Ambrósio Nogueira.

O chefe da pasta explicou ainda que a Prefeitura decidiu estender o prazo para as apresentações artísticas na pandemia. “Alguns projetos contemplados fazem mais sentido com a participação de público presente, por isso assinamos um decreto estendendo o prazo de realização para até o final de maio, julho ou novembro deste ano”.

O calendário com as datas das apresentações dos demais 23 projetos deve ser divulgado em breve na página da Prefeitura no Facebook. A lista com os aprovados foi publicada no site e nas redes sociais do Município.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?