Política a conta-gotas…

Correio eleitoral

Fábio Marcondes

O ex-prefeito Fábio Marcondes agitou os eleitores de Lorena esta semana, quando manifestou de forma subliminar a possibilidade de estar ativo nas eleições de 2024. A declaração ocorreu durante sua participação no Atos no Rádio, quando reclamou que o grupo de Sylvinho Ballerini tem lhe provocado para o debate político.


Instituto Malvadeza

Dani Dias

Analisado da Praça Conselheiro para Prefeitura de Guaratinguetá, numa possível vitória do vice Regis Yasumura na disputa por uma vaga na Alesp, o sinal estará verde a pelo menos três, quatro ou mais agregados de ‘primeira hora’ ao prefeito Marcus Soliva para sonhar com a sucessão.  De acordo com a patuleia política, a lista começa com Dani Dias, Pedro Sannini, João Vaz, Mário Augusto – o Marinho e, entre outros, Marco Evangelista. Disseram que este é um bom motivo para esse elenco e outros que sonham com a indicação pedir bastantes votos em 2022 para o Regis, caso contrário, em 2024 só vai sobrar vaga de vice, e aí, a Dani tem a preferência. Perguntem ao Arilson!!!

Feijão tropeiro

Aumentam as expectativas sobre o possível sucessor do prefeito Guilherme Carvalho em 2024. Mesmo faltando 1.248 dias para a mudança de comando, muitos apostam que o próximo prefeito caminha com ele, porém, sem mandato no momento.

Jogo de xadrez

Enquanto o vereador Celão recorre da decisão judicial que o afastou da Câmara de Guará – junto com mais três funcionários efetivos do Legislativo – o pessoal da política discute de que lado e com que discurso o suplente Orville Teixeira para seus dias, ou meses de atuação. Alguns lembram que no primeiro mandato de Soliva, o suplente manteve uma consanguínea comissionada na Prefeitura. Façam suas apostas…

BO à vista

E por falar Câmara de Guaratinguetá, a dupla oposicionista Nei e Fabrício provocou o Ministério Público sobre a atuação de um dos comissionados da administração Marcus Soliva nos últimos quatro anos. Os vereadores suspeitam que o mais importante que esse contratado ‘especial’ fez no período foi ler seus holerites e conferir no banco se o pagamento entrou na conta corrente.

Unanimidade de novo…

Parece que os vereadores de Cruzeiro estão convencidos que ‘embarcar no bonde’ do prefeito Thales Gabriel é a melhor estratégia para acenar aos eleitores – já que os números indicam que seu governo continua em alta, no conceito da população. Segundo o pessoal das esquinas, até o Fafá que começou a legislatura com discurso ‘do contra’, acabou se alinhando com o governo, embora insista na abertura de uma CEI para investigar os negócios do Zé Rogério na Prefeitura, mesmo sabendo que não vai dar em nada…

“Sou, mas que não é?”

Antecipando sua próxima empreitada eleitoral, o presidente da Câmara de Cruzeiro, Jorge Currila, deu muito o que falar nas rodas políticas nos últimos dias. Pelo que se ouviu, com mais de 1.100 dias de antecedência, ele revelou sua intenção de ser candidato a vice-prefeito. Ah! Só não soube dizer de quem, mas firmou o pé que será vice de alguém. Com a palavra, os futuros prefeituráveis de 2024…

Não convidem para…

…a mesma picanha – o presidente da Câmara de Lorena, Fábio Longuinho e o vereador Elcinho Vieira, principalmente se o churrasqueiro for o prefeito Sylvio Ballerini ‘na festa promovida’ por um membro do primeiro escalão da Prefeitura.

Fogo cruzado

Quem acompanhou ou tomou conhecimento da última sessão de Câmara de Lorena, sacou que no fogo cruzado entre vereador Elcio Vieira e o presidente Fábio Longuinho, a probabilidade de uma ‘bala perdida’ acertar o prefeito Sylvio Ballerini é mais do que certa. O ponto saliente da discórdia é que Elcinho tentou atropelar a ordem do dia, tentando puxar o projeto do Fundeb para discussão e Longuinho encerrou o papo, digo, a sessão, cortando inclusive o som dos microfones. É… quem imaginaria ver o Elcinho levando uma invertida dessa???

Perguntar não ofende

Qual o secretário da administração Sylvio Ballerini baixou no hospital esta semana, motivado por uma enxaqueca profunda, talvez pelo reflexo dos últimos acontecimentos na municipalidade de Lorena?

Sob a mira da oposição

Em trabalho conjunto, o prefeito Isael Domingues investiu três dias em Brasília em busca de recursos federais para Pinda, enquanto seu vice, Ricardo Piorino cumpriu várias tarefas na Prefeitura, inclusive a inauguração do PEV do Bem Viver. Segundo a patuleia política do Mercadão, coube à oposição, porém, sem sucesso, provocar ciúmes no prefeito, que ultimamente tem aparecido mais que ele nos eventos e realizações da cidade. Ah! Muitos já sacaram e outros não admitem que o que Isael mais está buscando é destacar o vice. Afinal, faltam 520 dias para eleição de 2022 e 1.165 dias as municipais de 2024. Capisce…

Vai ter espetáculos

O prefeito Isael Domingues trouxe boas notícias da Capital Federal esta semana. Em parceria com os deputados Marcio Alvino, Cezinha da Madureira e outros apoiadores, o recurso de R$ 5 milhões para o Centro Esportivo Zito, de Moreira César; apresentação do projeto para construção de um teatro municipal, no Ministério do Turismo; investimentos e equipamentos para saúde municipal e outros benefícios para Pinda. Enquanto isso a oposição, ou melhor, o que sobrou dela, ‘se mordia de raiva’…

E por falar em oposição

É voz corrente no mercado político de Pinda que se for medir a oposição a Isael Domingues pela ótica da Câmara Municipal, as forças estão divididas e reduzidas. Entre os três ‘notáveis’, um tem a ‘sindrome de Judas’ estampada em sua imagem; os outros dois, dividem ‘o tiro’ entre eles mesmos – para ver quem tem melhor desempenho na tribuna – e contra a administração, onde o prefeito segura praticamente nove dos onze vereadores com trânsito livre em seu gabinete e atendimento dos seus pedidos.

Água de pedra

Após um período de indiferença da cúpula estadual do MDB ao prefeito Antonio Mineiro – inclusive na campanha eleitoral, o deputado federal Baleia Rossi resolveu marcar presença em Cachoeira Paulista. Esta semana, Mineiro esteve em São Paulo acertando detalhes para receber uma verba de R$500 mil para custeio na Prefeitura. Será que a liderança da capital se tocou que tem ‘partido grande’ assediando o prefeito?

Controvérsia

E como previsto pela especulação política de Cachoeira Paulista, o vereador oposicionista Léo Fenix, medindo forças com o prefeito Antônio Mineiro na Câmara, conseguiu aprovar seu projeto que torna obrigatória a formação acadêmica específica para secretários municipais na área em que for atuar na administração pública. Se esta lei fosse vigente no período passado de Edson Mota, quando foi secretário, com certeza não poderia ter sido contratado.

Correndo

O deputado Padre Afonso fechou a semana em alta, reunido com os prefeitos do Vale Histórico, na última quinta-feira, com o objetivo de trocar informações e somar apoio para convencer o governador João Doria sobre a urgência de liberar um Hospital Regional no circuito destas cidades; ou na melhor das hipóteses, as especialidades e recursos de um Regional dividido entre Cruzeiro, Lorena e Guaratinguetá, para dar condições de atendimento aos pacientes locais. Padre Afonso, que mal tomou posse no início deste mês na Assembleia Legislativa, já foi na ‘jugular’ do Estado pela inauguração do AME de Taubaté, promete o mesmo empenho para ver o pedido dos prefeitos atendido e a população sendo tratada.

Em Alta

Guaratinguetá – O prefeito Marcus Soliva, que anunciou recursos do Governo Federal para impulsionar a saúde municipal. Serão R$ 1 milhão para Santa Casa e mais R$ 100 mil para o Fundo de Saúde. Soliva também informou verba de R$ 200 mil destinados à Escola de Especialistas da Aeronáutica. Em tempos de pandemia e crise na economia, o crédito da Administração Pública tem sido primordial para captação de recursos governamentais.

Em Baixa

Cachoeira Paulista – Se era um empurrão que a Câmara de Cachoeira precisava para agir quanto aos vereadores que sujaram o nome da Casa com as atitudes perante a pandemia (vide invasão ao hospital e ameaça a médico plantonista), talvez a ação rápida da Câmara de Guaratinguetá, que já colocou Orville Teixeira na cadeira desocupada por Celão, dias após a decisão de afastamento na Justiça, possa “encorajar” os cachoeirenses a fazer o que a população espera. Será?

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?