Política a conta-gotas…

Atração fatal

Isael Domingues

Se a sucessão de Isael Domingues em 2024 já se tornou atração para vários postulantes com atual orçamento atingindo R$ 750 milhões, imaginem com a projeção de R$ 1 bilhão no final do mandato. Pensem no racha que deverá ser a disputa para administrar uma Prefeitura com essa dinheirama toda! Comenta-se entre a classe produtiva de Pinda que Isael inovou ainda mais a cidade com o lançamento do programa de Câmeras Integradas ao CSI – Centro de Segurança Integrada – e Empreendimentos Inteligentes, tornando-se cada vez mais atraente a recepção de novos investidores, proporcionando a criação de loteamentos eficientes com planejamento integrados.

 

Ronda eleitoral

Já se tornou comum nas mais diferentes rodas e reuniões de Guaratinguetá, a presença da vereadora Dani Dias – muito interessada nos assuntos e necessidades das pessoas; observa-se, também, o colega de Câmara Vantuir Farias na carona da ‘pop star’ aparecendo nas fotos. A pergunta que não quer calar: “o que estaria pretendendo a dupla: prefeita e vice, ou permanência no Legislativo para um e vaga garantida em uma das majoritárias de 2024?”

Muito ajuda quem…

…não atrapalha – rolou pelo entorno do Mercado Municipal de Guará que o Coronel Salomão está disposto a uma candidatura a deputado federal para dobrar com Regis Yasumura, que postula uma cadeira na Assembleia Legislativa. Pior ou melhor, não se sabe, é que ‘ninguém’ combinou isso com Regis, que segue buscando apoio fora e dentro da cidade à sua campanha, que sozinho já está difícil, imaginem carregando um ‘pacote’ deste tamanho…

Perguntar não ofende

É impressão da moçada da Praça Conselheiro ou de fato o presidente de Câmara, Arilson Santos, tem alfinetado o prefeito Marcus Soliva, em tom crítico sobre alguns temas de Guaratinguetá, durante suas entrevistas nas emissoras locais?

Expressão nacional

Zé Louquinho

Após fazer história com o povo de Aparecida, ser destaque na mídia estadual por ‘N motivos’, o ex-prefeito Zé Louquinho agora foi para ‘as cabeças’ – como diz a gíria. Foi promovido para coordenação política nacional do PL, por dedicação e fidelidade partidária. Em nova função no Partido, Zé ganha acesso a todas as candidaturas prestando mentoria e auxílio.

 

 

 

Ah por falara em…

…Aparecida, algumas peculiaridades são percebidas nos sucessores de Zé Louquinho, desde quando concluiu seu segundo mandato frente à Prefeitura: Márcio Siqueira foi ‘derrubado’ no último período de sua administração, sendo substituído pelo vice – é lógico; Ernaldo Marcondes viveu o mesmo drama logo no primeiro mandato, abrindo para Dina, que só não dançou porque não tinha vice. Na realidade de hoje, o MP já tentou e o Zezão da Concretagem só está de olho no ‘poleiro do Piriquito’. Seria ‘praga de parteira, mandinga ou caso de exorcismo?!?!?

Em política…

…basta um encontro – um encontro quase que público e casual entre Marietta Bartelega e a vereadora Vanessa Andréa já foi motivo para especulação política de Lorena conjecturar uma candidatura majoritária em 2024 100% feminina. Para os cientistas da Praça, tanto Marietta quanto Vanessa, ambas tem potencial de prefeiturar, juntas ou separadas!!!

Aviso prévio!!!

O mercado político de Lorena antecipa vários nomes que podem ser confirmados como eventuais vices na próxima temporada eleitoral de 2024: Fábio Longuinho, Fábio Bonfim, Totô de Oliveira Bastos, Major Lescura, Vanessa Andrea e, entre outros, Aldemir da Lorenposte. Importante lembrar que dos seis nomes citados, alguns já estiveram nos cálculos prévios dos três candidatos com mais probabilidades: Marietta Bartelega, Fábio Marcondes e Sylvio Ballerini. Que venham as eleições…

Dinheiro na conta

Sylvio Ballerini

O prefeito Sylvio Ballerini liberou nesta semana mais de R$ 1 milhão para o pagamento, retroativo a janeiro, para todos os professores da rede municipal de Lorena, em atenção ao projeto que reajusta os salários do magistério ao piso nacional. Aparentemente o pagamento antecipou as discussões entre os representantes da Apeoesp e Câmara, que deverão abrir uma comissão para debater outros benefícios da categoria educacional. Ventos dos corredores do Legislativo não descartam a possibilidade de novas manifestações – a exemplo da passeata da semana passada – caso haja dificuldade no diálogo com a Prefeitura.

 

 

Prêmio de consolação

O prefeito Sylvio Ballerini está diante de mais um desafio de seu mandato frente ao Governo do Estado. Após vazar o Hospital Regional de suas mãos para vizinha Cruzeiro, o prêmio de consolação de João Doria para Lorena seria as prometidas especialidades do Regional à Santa Casa – leia-se ‘Tripé da Saúde’. Em recente e discreta passagem de Rodrigo Garcia – agora governador – por Cachoeira e Guaratinguetá, uma declaração ao Frei Hans ‘acionou o sinal de alerta’: a promessa de um aporte de R$ 5 milhões mensais para salvar o Hospital Frei Galvão do colapso financeiro em que se encontra. Entre idas e vindas de Sylvinho ao Palácio Bandeirantes, somados aos apoios de deputados parceiros, nem as remessas mensais de R$ 1,2 milhão comprometidas com a saúde lorenense, saíram da verbalização…

Tudo dominado…

Brejão

A previsão das contas rejeitadas de Edson Mota serem aprovadas na Câmara por 10 votos a 3 na próxima terça-feira são favas contadas nas rodas políticas de Cachoeira Paulista. Tem gente esperando para ver o voto do presidente da Casa de Leis, o Brejão, que adota o discurso de ‘paladino da justiça’. Segundo as expectativas da patuleia, ele deverá se posicionar contra o Tribunal de Contas do Estado e a favor da saúde eleitoral do improbo.

 

 

 

Minha Casa, Minha ‘Dívida’

Ao que tudo indica, a gestão de Jorge Currila na presidência da Câmara de Cruzeiro deve terminar com investimento na construção civil. Ventos do andar de cima da Casa de Leis deram conta que ele já alugou uma mansão no centro da cidade para mudar o Legislativo de endereço, por conta da reforma que pretende fazer na sede atual. Sobre o valor do investimento e do aluguel do endereço provisório, apenas os mais próximos de Currila sabem, porém, não falam…

E por falar em Cruzeiro…

…a corrida presidencial esquenta os bastidores da Casa de Leis. Informações sigilosas dão conta que dos cinco presidenciáveis, apenas um não pode ganhar de forma alguma – por oferecer risco na estabilidade política. Disseram que Babu está costurando apoio como pode, Fafá e Higmar correm na mesma raia, enquanto Gordo do Kleber – quer dizer, da Vila Batista, está pedindo votos, digo, apoio, até para os funcionários do segundo escalão. Diego, por sua vez, corre por fora torcendo para que os concorrentes se mantenham candidatos até a eleição. Façam suas apostas…

Festa de arromba

Herivelto Vela

Corre na boca-pequena de Pinda que o pré-candidato Herivelton Vela, do PT, pretende ganhar a eleição nas urnas e também na ostentação, a exemplo do lançamento de sua campanha, que promete as presenças de Lula e Alckmin na festa de arromba que está preparando num espaço da cidade. Pelo menos essa é a mensagem subliminar do convite impulsionado nas redes sociais…

 

 

 

Realidades expostas, soluções

O pré-candidato Antonio Carlos, Eder Billota e o prefeito Antonio Mineiro

O ex-deputado e ex-prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos, comenta que “os governos Federal e Estadual apresentam estatíscas de pandemia e desemprego, enquanto os municípios fornecem nomes e endereços” sinalizando que os prefeitos convivem com as realidades. Já o prefeito de Cachoeira Paulista, Antonio Mineiro, expõe dificuldades econômicas e lentidão do Estado em atender demandas. Estes foram temas abordados na entrevista que ambos, casualmente, concederam ao programa Atos no Rádio, transmitido pela Transvale 102,3 da última quinta-feira.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?