Política a conta-gotas…

Cei ou não cei?

Dani Dias

Seguindo o protocolo, quer dizer, o pedido do promotor, após a exaustiva leitura da denúncia, o plenário acatou e a mesa constituiu a comissão processante com Nei Carteiro, presidente; Vantuir Farias, o relator e Dani Dias, como membro. E as duas perguntas que rolaram na cidade são: “será que esta comissão vai ter competência para fundamentar os embasamentos?”. “Será que desta vez a vereadora vai saber no que estará votando?”

 

 

 

Trabalho dobrado
Parece que os advogados do vereador Celão vão ter trabalho dobrado em sua defesa nos próximos meses. Na sessão da última terça-feira, a Câmara de Guaratinguetá, motivada pelo pedido pessoal de um dos promotores da Comarca, abriu uma processante contra ele, que poderá custar seu mandato. Aliás, a ideia do denunciante, pelo visto, é exatamente esta.

A cigana viu nas cartas

Ricardo Piorino

Correu como rastilho de pólvora nas rodas políticas de Pinda que a ‘cigana do mercadão’ ‘jogou um balde de água fria’ naquela meia dúzia que pretende ser vice de Ricardo Piorino em 2024. Entre os naipes copas, ouro, espada e paus, as cartas revelaram que o companheiro de majoritária perfeito para Piorino será um político centrado, estrategista e que seja calmo, porque de acelerado já basta ele. Não é por menos que o chamam de Piorino ’30 horas’…

 

 

Manda quem pode
Rolou entre os corredores de Aparecida que a Justiça ‘acabou com a alegria’ do prefeito Luiz Carlos – o Piriquito, em contratar uma Organização Social, aparentemente para fazer concorrência com o Frei Bartolomeu Schultz – leia-se Santa Casa. A pergunta que fica é: “ele desafia o pessoal da toga ou muda de assunto?”

 

Andando no telhado…
…sem fazer barulho De todos assuntos políticos de Lorena, o que mais ‘ardeu’ foi o projeto do Executivo que a Câmara votou, ‘baixando a bola’ do Conselho de Meio Ambiente, ou seja, reduzindo o número de membros e mudando o status de deliberativo para apenas consultivo. O que poucos perceberam, exceto os analistas da Praça, foi a participação ativa do vereador Elcinho Vieira; fez média com o prefeito para encaminhar o projeto, articulou o regime de urgência, porém, na hora do voto e das justificativas na tribuna, saiu à francesa…

Não convidem para…
…a mesma picanha – O prefeito Sylvio Ballerini e o presidente da Câmara, Fabio Longuinho, principalmente se os churrasqueiros forem aqueles dois vereadores e meio – que estão de rédeas curtas no Legislativo.

Agora é pra valer!!!

Antônio Carlos

O ex-prefeito de Caraguá, Antonio Carlos (agora do PL), decidiu ser deputado estadual novamente. Em ritmo de pré-campanha, o deputável iniciou sua corrida eleitoral reunindo os amigos pelo menos em 15 cidades onde seu nome é mais que popular. Antonio também está atualizando sua agenda de endereços de seus eleitores em todo estado. É importante lembrar que quanto elegeu-se deputado, teve votos em quase todos municípios de São Paulo.

 

 

Excursão do Legislativo
Os vereadores de Cachoeira Paulista querem demonstrar que além de receberem excursão de várias localidades – dentro do Circuito da Fé – eles também sabem enviar. Nesta semana, se a vergonha não ardeu, cerca de oito ou nove parlamentares da cidade devem acompanhar o presidente da Câmara em Brasília. A desculpa é buscar verbas, como se correio eletrônico não pudesse resolver isso sem um gasto desnecessário. A pergunta que fica: “o homem que não toma vacina vai conseguir embarcar no voo e frequentar os gabinetes dos deputados?”

Portas abertas

Guilherme Carvalho e Marco Vinholi

O prefeito de Silveiras, Guilherme Carvalho, ganhou agenda especial junto ao secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para acertar os últimos detalhes do investimento de R$ 15 milhões para manutenção completa da Estrada Prefeito Osvaldo de Paula Cardoso, ligação entre a área urbana com os bairros Bom Jesus e Macacos. O subsecretário Ortiz Junior também entrou na briga, quer dizer, no empenho para liberação total do recurso pelo Governo do Estado.

 

 

 

 

Gafe do professor
A manifestação do vereador Professor Matheus na tribuna da Câmara, dias atrás, afirmando que a Prefeitura conseguiu liberar apenas 10% aos servidores municipais de Piquete, provocou uma certa indignação entre os mais esclarecidos da cidade. Qualquer principiante em vida pública aprende que a Lei de Responsabilidade Fiscal impõe limites à folha de pagamento. Qual prefeito não gostaria de dar um aumento de salário substancial aos funcionários…

Em tom crítico…
…aparentemente com finalidades políticas, o professor Matheus também pesou o discurso contra o prefeito Rominho, que na necessidade de modernizar o atendimento público e alinhar funções com o Estado – de onde vem a maioria dos recursos para Piquete – criou algumas secretarias e departamentos. Em resposta, Rominho disse que se essa expansão da Prefeitura render verbas e recursos vinculados às pastas – Governo, Comunicação, Cultura e Transporte – já valeu literalmente o investimento.

Focando no importante

Rosa Filippo

Enquanto uma de suas colegas de parlamento tentou ‘roubar a cena’ em problemas de cidade alheia – episódio dos bezerros de Cunha – a vereadora Rosa Filippo (PSD) foi flagrada em vários pontos de Guaratinguetá buscando soluções e fazendo a interlocução entre a população e o Executivo. A bordo de seu ‘gabinete sob rodas’, Rosa tem marcado presença em todos os bairros do município.

Calendário das eleições
Faltam apenas 234 dias para as elições de 2 de outubro e 969 para as municipais!!!

Deputada federal

Com vistas a uma cadeira no Congresso Federal, Rita Passos (MDB) visitou a região esta semana e participou do programa Atos no Rádio. Rita, que por três vezes foi deputada estadual e secretária de Desenvolvimento Social do Estado, relembrou os recursos destinados a Lorena, como o que permitiu a construção do Centro Odontológico do Bairro da Cruz em 2010, e outros investimentos. Sobre sua pré-campanha, a postulante a federal, se mostrou satisfeita com os amigos que fez ao longo de sua vida pública, a exemplo de Mafu e da vereadora Lucia da Saúde.

 

Governador

O prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth (agora PSD), pretende representar o Vale do Paraíba na eleição para o governo do Estado. Ramuth se prepara para o pleito eleitoral com a experiência de duas administrações bem sucedidas em sua cidade e com know-how de quem sabe. Uma das experiências que comentou no programa Atos no Rádio foi a construção e funcionamento de um hospital em 35 dias. Ele sabe do desafio, e pretende chegar aos debates da campanha alinhando por cima, se o assunto for administração pública eficiente.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?