Bastidores da Política

O povo apoiou

Falando sério ou não, os eleitores de Lorena (pelo menos os que tomaram conhecimento da sessão de Câmara da última segunda-feira) apoiaram a propositura verbal de Fábio Longuinho na tribuna da Casa, para acabar com o subsídio dos vereadores. Quem parece que não gostou do ‘bola fora’ de Longuinho, foram os colegas do Legislativo. Perguntem ao….

Pão e Circo

Neste final de semana mais uma vez a alegria esta garantida em Cachoeira Paulista, com outra festa promovida pela administração ‘motolândia’. O fato de faltar medicamentos na rede publica e médico na saúde terceirizada, não tem problema. Afinal, o prefeito Edson Nota alugou mais de vinte veículos para transportar pacientes e familiares para outros centros de atendimento. Deve ser por isso que os vereadores do ‘sim senhor’ afirmam abertamente que a Prefeitura vai indo muito bem! Só não dizem que é paro o buraco. Perguntem ao Carlinhos da Saúde!

Perguntar não ofende

Qual a indústria de grande porte que sondou Canas para um futuro empreendimento industrial, mas ao verificar a estrutura oferecida pela municipalidade, optou para investir e gerar centenas de empregos em outra cidade?

Quem puxa os seus…

…não degeneram Quem observa o ritmo de lentidão que predomina a Prefeitura de Canas, antes de assustar com o ‘devagar quase parando’, tem que entender que pela lógica do empreendedorismo, a equipe segue o estilo do chefe. Com exceção do período eleitoral onde o pessoal promete e não cumpre, contrata mas não paga e oferece e não entrega, em condições de cotidiano, quem tiver pressa, ‘senta e espera’…

Quinze é melhor que dez

Paulo Vieira
Paulo Vieira

A notícia que a Câmara de Cruzeiro estuda o acréscimo de vaga na futura Legislatura, dividiu opiniões pelas esquinas e balcões da cidade. Como a proposta é do ‘vale por dez’, vereador Paulo Vieira, muitos acharam que se tratava de uma manobra para benefício próprio.

Em outro extremo, os calculistas divagam sobre a falta de recursos para suportar os subsídios de maus cinco parlamentares.

Já os que pensam na representatividade, concluem que a redução salarial dos mega assessores do Legislativo cruzeirense, seria a solução para adequar o duodécimo a realidade de quinze cadeiras na Casa de Lei.

Perguntem a parlamentar Claudete Araujo!

É hora de tocar na ferida

Marcio Almeida
Marcio Almeida

Sob protesto do vereador Márcio Almeida (PPS), vários vereadores e lideranças partidárias de Guará, já articulam um movimento para também ampliar o número de vagas na futura Câmara Municipal.

Segundo o mercado político, levando em consideração os 122 mil habitantes da Terra de Frei Galvão, dezenove cadeiras na futura Legislatura seria o teto máximo, dezessete estaria de bom tamanho, quinze parlamentares, ‘em tese’, deverá contribuir em muito para a quebra de monopólio.

Perguntem ao Fabrício da Aeronáutica!

Falha na defesa

Quem avalia a performance do prefeito Isael Domingues nos episódios mais polêmicos na Câmara de Pinda, conclui que suas dificuldades vem através de dois endereços. Primeiro de sua própria articulação de gabinete, que a julgar pelos fatos, não consegue discernir a hora e nem o momento certo de chamar o Legislativo a lide. Outra falha pontual é a aparente falta de entrosamento e comprometimento da base governista da Câmara com as ‘cores da administração’. A prova disso é quando o ‘feitiço que vira contra o feiticeiro’; ou seja, no momento em que uma propositura chama atenção popular, onde quem é a favor torna-se contra na hora. Isto tudo para alegria do Goffi, que sozinho vira a mesa contra prefeito…

Fazendo a diferença

Ninguém aposta na continuidade, muito menos no custo, mas o vereador Waldemilson da Silva (PR), tem mostrado ultimamente sua habilidade na condução das sessões de Câmara de Lorena. Ao que tudo indica, o presidente encurtou as rédeas do adversário contumaz do prefeito (Elcio Vieira Filho) no uso e nas artimanhas do regimento interno e nas discussões, demonstrado quem manda de fato no plenário. O que ninguém arrisca apostar é no prazo de validade do intercâmbio entre presidência e gabinete?!?!?

Pizzaria do PMDB

Argus, Tia Creusa, Décio, Ney e Fabrício
Argus, Tia Creusa, Décio, Ney e Fabrício

O PMDB de Guará – leia-se Argus Ranieri, aproveitou uma rodada de pizza na última semana com os quatro vereadores: Décio Pereira, Ney Carteiro, Fabrício da Aeronáutica e Tia Cleusa, para reafirmar o compromisso de votação em bloco em assuntos de interesse do Partido.

O encontro aconteceu justamente num momento em que o Executivo busca autorização na Câmara para terceirização do Pronto Socorro.

O que ninguém soube informar é se esta terceirização é do interesse dos peemedebistas?!?!?

Ata fechada

Na mesma linha do PMDB, os tucanos de Guará também chamaram o vereador Marcos Evangelista (o único com mandato do grupo) para uma conversa velada, com a exigência de fechar questão em ata sobre o posicionamento do PSDB em algumas questões na Câmara. Ao que tudo indica, o Partido é divergente da administração Soliva quanto a licitação do transporte público e a contratação de uma OS para gerenciar a saúde pública…

Operação lava jato

E por falar em PR, tem gente perguntando no eixo Lorena – Cachoeira, sobre a reedição ‘daquela’ foto que o então ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues tirou com seus partidários da política local, na visita técnica que marcou início das obras da BR 469 (Lorena – Itajubá). Agora que o homem foi em cana na operação Lava Jato, será que alguém arriscaria uma selfie com o ex-ministro? Com a palavra o Vaguinho!

‘A teia’

Quem observa o prefeito Thales Gabriel reunindo em torno de sua administração varias ‘caciques’ da política local, sacaram que ele se prepara para enfrentar o ‘fogo amigo’ na eleição de 2020. Disseram que o alinhamento de Paulo Vieira com Cacá Sacamilla, trazendo a tiracolo Zé Rogério e Rodolfo Sacamilla, somando com o sorriso carismático da Patrícia Batistela pelas instituições ‘acende o sinal de alerta’ contra a reeleição de Gabriel em Cruzeiro. Quem viver verá…

Peru de Natal

O caixa da Câmara de Lorena pode não fechar o ano em alta, mas a cotação do presidente com os servidores do Legislativo está nas alturas. Debruçado em números, após cálculos e mais cálculos, Waldemilson da Silva – o Tão está conseguindo liberar para cada um dos funcionários da Casa neste mês, um abono especial de R$ 800 seguido do vale compra. Pelo jeito não vai faltar convite ao ‘chefe’ para ceia de Natal…

Isael Noel

Os futuros moradores do conjunto habitacional ‘Bem Viver’, no Araretama (Pinda), estão com motivos para comemorar neste final de ano. O prefeito Isael Domingues acelerou o sorteio dos 1.536 apartamentos, com a finalidade de por um fim num sentimento apenas de expectativa. Milhares de pessoas compareceram no local de atendimento para tratarem dos detalhes finais antes da entrega das chaves. A coisa, digo, o encontro com os mutuários, foi de dar ‘inveja e raiva’ na oposição; inveja porque todos desejavam estar no lugar do prefeito e raiva, porque Vito Ardito pode ter levantado a bola, mas quem está chutando para o gol é Isael Domingues…

Cumprindo tabela

Os vereadores de Potim esperaram até o último dia 29 para eleger Roberto Rivelino Felix (PR) para presidir a Casa de Leis em 2018. Em sessão extraordinária e com chapa única, Rivelino foi eleito por unanimidade e terá como vice João Vicente da Rocha; a primeira secretaria estará a cargo de Márcio Raymundo de Castro, enquanto Rogério Pascoal da Silva completa a chapa como segundo secretário. Lembrando que a mesa administrativa da Câmara na terra da prefeita Erica Soler é rotativa e Rivelino conta com experiência de mandatos anteriores, o facilitará os tramites. Ele integra a bancada governista seguido de cinco dos colegas no Legislativo.

Em Alta

Lorena –  A vice-prefeita e presidente do Fundo Social Marietta Bartelega, que vem ganhando destaque na região após quase um ano comandando a pasta, com trabalho que se tornou referencia. Na última quarta-feira ela recebeu a primeira dama do Estado, Lú Alckmin, para a inauguração de uma padaria artesanal, que será polo regional do trabalho. A cidade deve receber em breve outros centros de atendimento e qualificação profissional. Ponto para a cidade, que desta vez pode contar com uma vice que não se faz de sombra a cada passo do prefeito, nem mesmo que joga contra o trabalho da Prefeitura, como aconteceu nos últimos anos. Por essas e outras, o nome de Marietta vem ganhando força no cenário municipal.

Em Baixa

Cruzeiro – O vereador Paulo Vieira, que pela primeira vez terá uma prova de fogo na discussão sobre seu polêmico projeto para a ampliação de 10 para 15 no número de cadeiras na Câmara da cidade. Enquanto no Executivo o prefeito Thales Gabriel tem feito contorcionismo para se livrar dos problemas financeiros no Legislativo, Vieira parece entender que o município nada mais é que a extensão de seu quintal eleitoral, famoso em Brasília, e que tenta transformar o cenário cruzeirense em exemplo da política retrógrada do século passado. Nas ruas a paciência acabou, como mostra enquete nesta edição do Atos. Será que de “dono da cidade” o “omi das facurdadi” passou a vereador de um só mandato?

 

 

 

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?