Política a conta-gotas

Dois em um

Eder Billota e João Vaz

Em resposta à pandemia que abateu vários setores da economia de Guaratinguetá, a administração Marcus Soliva está colocando em prática dois projetos conjugados: um para potencializar o município como um todo, trata-se do PAD – Plano de Aceleração do Desenvolvimento, que trará novos investimentos a curto prazo na ordem de R$ 100 milhões, num misto de recursos próprios, emendas parlamentares e financiamento ‘a perder de vista’.

Conjugado ao PAD, o ‘Avança Guará’, que vem para alcançar o micro, pequeno e médio empreendedor, que através de parceiros como Sebrae, Senac, Associação Comercial e a própria Prefeitura vão capacitar e munir com acesso a crédito as futuras empresas que deverão surgir nos próximos meses na cidade.

Animus sperniandi

A julgar pela patuleia política de Aparecida, o clima de amistosidade entre o prefeito Piriquito e seu vice Zezão da Concretagem não é mais o mesmo do período eleitoral. Segundo a boca pequena, o chefe do Executivo estaria mantendo distância segura de uma lista de personalidades, e parece que o vice faz parte dela.

Animus sperniandi II

E por falar em clima ruim em Aparecida, disseram na Praça São Benedito que o vereador André Monteiro – o Padrinho, está a ponto de representar na Justiça a presidente da Câmara, Ana Alice Vieira, por prevaricação. Parece que pela terceira vez o plenário aprova a convocação dos secretários de Obras e de Saúde para esclarecimentos e ela, a presidente, não oficializa.

Visão regional

O prefeito de Pindamonhangaba, Isael Domingues (PL), cumpriu agenda com o secretário estadual de Saúde esta semana e não hesitou em pressionar o Estado pela inauguração do AME de Taubaté, como forma de melhorar o atendimento da população. Isael aproveitou o encontro para estreitar caminhos para cuidar dos pacientes de oncologia na Rede Lucy Montouro. O deputado Padre Afonso, que também participou do encontro, endossou a reinvindicação do prefeito intercedendo pela região. Por pouco o secretário Jean Gorinchteyn pensou estar diante de dois deputados…

Política de boa vizinhança

Quem observou a animosidade entre o prefeito Isael Domingues (Pinda) e o ex-prefeito de Taubaté, Ortiz Junior, no mandato passado, devido questões comuns das duas cidades com o consócio do Samu, laboratório municipal e outros detalhes, aplaudiu a diferença neste primeiro semestre. Bastou a ‘vaidade em pessoa’ passar a bola, digo, o comando ao prefeito Saud e pronto, a política de boa vizinhança voltou. Essa semana, as duas administrações trocaram experiências e compartilharam projetos. A secretária de Planejamento Marcela Franco ‘deu um show’ de simpatia na recepção dos vizinhos.

Perguntar não ofende

Será que a notícia das contas rejeitadas do ex-prefeito de Taubaté já chegou nos bastidores do Governo do Estado? Afinal, ter de administrar pedido de impugnação da Justiça Eleitoral em fase de registro de candidaturas, pode encarecer o custo dos votos nas urnas…

Pegando geral

Circula entre os bem informados da Praça de Guará que ‘alguns’ políticos que atuaram entre 12 e 8 anos estão sendo convidados ao confessionário ‘daquele departamento’ da Delegacia Seccional. Parece que alguns BO’s do passado, que aparentemente caíram no esquecimento da patuleia política, estão sendo bem lembrados pelo promotor de Justiça e delegados da Seccold. Como diria o sertanejo: “a justiça tarda, mas não falha…”!

A falta de CND

Pela falta de CND o prefeito Antônio Mineiro está tendo de se contentar apenas com os souvenirs do Governo do Estado. Ou seja, enquanto o governador abre os cofres para os municípios da região, Cachoeira Paulista fica apenas no patamar dos ‘convênios light’ e sob as críticas de deboches da oposição, que inclusive, apoia descaradamente Edson Mota, que deixou a cidade com o crédito negativado e impossibilitada de receber recursos estaduais e federais. Perguntem àquele vereador ‘durango kid’, que no período da farra com o dinheiro público, teve a proeza de construir uma casa de campo…

Expectativa x frustração

Entre os desafios econômicos, as dificuldades em administrar o caos, a carência de capacidade técnica, funcional e outros quesitos, o prefeito de Cachoeira, Antonio Mineiro, começa a enfrentar outra dificuldade: o aumento gradativo de rejeição. Como diz o ditado, “quando a expectativa é grande, a frustração é fatal…”

Teste drive

Boa parte da especulação política de Lorena acredita que o prefeito Sylvio Ballerini, em meio a ‘guerra de administrar’ uma cidade, esteja passando por uma ‘batalha virtual’ – estilo ataques cibernéticos, acrescido de algumas insatisfações políticas. Falam também que enquanto não pintar a ‘pressão’ do Ministério Público e Tribunal de Contas, os efeitos serão apenas emocionais. Mas o momento em que os questionamentos destes órgãos citados se tornarem parte do expediente da Prefeitura, aí, recomenda-se bons advogados – na área jurídica e legislativa, para que a ‘casa continue em pé’…

Teoria do caos

É voz corrente nos focos políticos de Lorena que tem ‘agente público’ pronto para dar o bote e instalar a ‘desgovernabilidade’ da cidade, a partir do caos. A meta é ‘dinamitar’ a ponte entre os poderes Legislativo e Executivo, minando a discórdia entre as duas sedes administrativas – Prefeitura e Câmara – potencializando o caos, criando a possibilidade de negociar-se a subsistência do governo, de forma fracionada, pela ‘terceira via’. Para quem entende, um pingo é letra, diz o ditado…

Portas abertas

Tem gente até achando que o ‘enTão’ ex-presidente da Câmara e agora secretário ‘de negócios’, quer dizer, de Serviços Gerais de Lorena, continuava vereador, dada a quantidade de visitantes que vêm recebendo na garagem da Prefeitura. Disseram que esta semana o Vaguinho – líder da família – chegou lá, acompanhado por uma comitiva, aparentemente de homens de negócios… Tipo assim: “podem entrar que a casa é nossa…”

Pontapé inicial

A visita técnica da Regional de Saúde e do pessoal de planejamento do governo estadual, no espaço que deverá receber a construção futuro Hospital Regional de Cruzeiro, rendeu até vídeo institucional de Thales Gabriel nas redes sociais. Segundo a patuleia, o pronunciamento do prefeito foi na medida certa, servindo para informar a população sobre o avanço no projeto e de ‘calmante’ aos falatórios dos incrédulos, que infelizmente torcem para o pior…

Relações & reações

Bertaiolli, Filippo e Yasumura

Na passagem do deputado Marco Bertaiolli por Guará, nesta semana, com direito a palestra e café da manhã aos convidados, no Clube dos 500, ficou uma mensagem cifrada na legenda da foto do vice Regis Yasumura (PL) – pré-candidato a estadual – com Bertaiolli e Junior Filippo (ambos do PSD). A reação a foto repercutiu conjecturas em meio à especulação política da Praça Conselheiro: “vamos juntos em 22 para acertamos em 24…”

Alinhamento geral

O prefeito Marcus Soliva reservou a última sexta-feira para um treinamento geral com seus secretários, subsecretários ‘e afins’, no ambiente do Clube dos 500, equipe de governo especialmente convocada para palestras vocacionais, treinamento, planejamento e interação com os próximos três anos e meio de administração, em que a cidade passará por vários avanços e investimentos. Pelo visto, quer dizer, comentado, além das ministrações teóricas do evento, a parte pratica deverá refletir na excelência do atendimento e no reflexo político que vem pela frente, ou seja, 2024!!!

Não convidem para…

…a mesma picanha – O ex-vereador João Pita e ‘aquele’ atual da Câmara de Guará, que não paga a conta…

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?