Sato prorroga participação na gestão da Santa Casa

Ação busca manter processo de reestruturação administrativa; medida é válida por um ano

Estrutura de atendimento da Santa Casa de Ubatuba; participação da Prefeitura no hospital é estendida (Foto: Divulgação PMU)
Estrutura de atendimento da Santa Casa de Ubatuba; participação da Prefeitura no hospital é estendida (Foto: Divulgação PMU)

Da Redação
Ubatuba

A Prefeitura de Ubatuba anunciou no último dia 30 a prorrogação de seu sistema de participação no comando da gestão da Santa Casa por mais um ano. De acordo com o Executivo, a decisão tem como meta dar continuidade aos processos de reequilíbrio econômico e de restruturação do sistema de atendimentos aos pacientes.

Divulgado através do site oficial da Prefeitura, o comunicado ressalta que a Santa Casa permanecerá tendo como provedora interina a médica e secretária de Saúde, Dilei de Brito, e como diretor hospitalar o advogado e ex-secretário de Saúde, Roberto Taruma. A dupla gere a unidade desde o fim de novembro do ano passado.

A nota oficial informa que o “objetivo da medida é continuar o processo de melhor qualificação do serviço de atendimento de urgência, emergência e daqueles de natureza hospitalar oferecidos pela Santa Casa, aprofundando também as ações de ordem administrativa e financeiras a fim de que não sofram retrocessos”.

O hospital está sob administração municipal desde 19 de fevereiro do ano passado, quando a Justiça afastou a então provedoria comandada por Fânio de Souza. Além de problemas estruturais no prédio e um desequilíbrio econômico nas contas da unidade, a decisão judicial foi motivada também pela falta de capacidade do hospital em realizar cirurgias e diversos outros procedimentos médicos. Os serviços foram interrompidos no fim de 2017, quando a Vigilância Sanitária interditou o centro cirúrgico após averiguar falhas procedimentais e estruturais. Na ocasião também foram interditados o laboratório, almoxarifado, farmácia, cozinha e lavanderia.

Avanços – Desde que iniciou sua participação na gestão do hospital, a Prefeitura realizou diversas melhorias na Santa Casa como a implantação de um novo centro cirúrgico, criação de uma ala de maternidade e inauguração de 33 novos leitos.

A reportagem do Jornal Atos solicitou à Prefeitura de Ubatuba o agendamento de uma entrevista com algum membro do Executivo para obter mais detalhes sobre a prorrogação de sua participação na gestão da Santa Casa, mas o pedido não foi atendido até o fechamento desta edição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?