Região segue na fase amarela de flexibilização comercial

Bares e salões permanecem abertos após anúncio de Doria; nova avaliação ocorre no próximo dia 11

Rua Major Oliveira Borges, em Lorena; região segue na fase três do Plano São Paulo (Foto: Rafaela Lourenço)

Lucas Barbosa
RMVale 

O governador Joao Doria (PSDB) anunciou no início da tarde desta sexta-feira (4) a manutenção da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) na terceira fase (amarela) do plano estadual de flexibilização das atividades econômicas, o Plano São Paulo. Desde o início de agosto nesta etapa, os municípios da região seguem autorizados a permitirem a abertura de diversos tipos de estabelecimentos comerciais em meio à pandemia do novo coronavírus.

Acompanhado pelo secretário estadual de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, Doria revelou durante seu pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, que a RMVale e outras 12 áreas paulistas permanecerão na ‘fase amarela’ até o próximo dia 11, quando uma nova avaliação será realizada.

Nesta data, o Estado analisará as médias de novas internações e mortes causadas pela Covid-19 e também as taxas de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e de vagas disponíveis para cada cem mil habitantes. Na sequência, a secretaria estadual de Saúde definirá se as regiões estarão aptas a avançarem para próxima fase de flexibilização ou se serão obrigadas a permanecerem ou retrocederem de etapa.

Desde o dia 8 de agosto na fase amarela, as cidades da RMVale continuam autorizadas a contarem com o funcionamento, por seis horas diárias, de academias de musculação, barbearias, bares, casas de ração, concessionárias de veículos, imobiliárias, lojas de comércio em geral, restaurantes, salões de beleza e shoppings.

De acordo com Doria, a flexibilização das atividades econômicas nestas 13 áreas foi motivada principalmente pela queda de 14,8% do número de óbitos causados pela doença no comparativo entre julho e agosto, caindo de 8.234 para 7.017 casos.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?