Novos equipamentos ampliam assistência no Hospital de Queluz

Pronto Atendimento, laboratório e setor de transporte de urgência recebem melhorias no atendimento; investimento federal é de mais de R$ 750 mil

O Pronto Socorro de Queluz; cidade investe em estrutura de equipamentos para reforçar atendimento (Foto: Divulgação)
O Pronto Socorro de Queluz; cidade investe em estrutura de equipamentos para reforçar atendimento (Foto: Divulgação)
Jéssica Dias
Queluz
O Hospital Municipal de Queluz recebeu melhorias por meio de emendas estaduais e federais. Além da pintura interna e externa no prédio, o hospital adquiriu equipamentos para o pronto atendimento, laboratório e para o setor de transporte de urgência e emergência.

Após 27 anos de intervenção, a Santa Casa teve o processo interrompido em setembro de 2015 por decisão judicial. A entidade é administrada por uma irmandade, que mantém uma mesa diretora, mas teve paralisado o atendimento.

Em março de 2017, o Município criou a Fundação de Saúde que administrava o Hospital Municipal para a contratação da OS (Organização Social) Instituto Vale Saúde. É a OS que administra o hospital, que funciona no mesmo local da Santa Casa, atualmente.
Na última semana, o Pronto Atendimento recebeu dois monitores multiparâmetro, um ventilador mecânico, uma bomba de infusão e um eletrocardiograma. O Hospital Albert Einstein doou um equipamento de raio-X, que já se encontra no hospital, mas que aguarda a reforma no setor de radiologia para ser instalado.

No Laboratório foram adquiridos um microscópio, um aparelho novo de bioquímica automatizado, aumentando a oferta de exames realizados, um destilador de água e duas centrifugas laboratorial. Já no setor de Transporte de Urgência/Emergência foi adquirida duas novas ambulâncias de transporte simples, uma UTI móvel equipada com cardioversor (aparelho para aplicação um choque elétrico de maneira sincronizado), DEA (desfibriladores externos automáticos), bomba de infusão e laringoscópio.

Foi adquirida também mais uma ambulância para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A ambulância antiga está sendo utilizada como reserva técnica, conforme protocolo do Ministério da Saúde. Junto à Vigilância em Saúde, foi adquirido um veículo de passeio (Fiat Mobi) para as ações de Vigilância Sanitária e Epidemiológica. Segundo a secretária de saúde, Marilda Uchôas, deve ser entregue um equipamento novo de ultrassom digital, que irá melhorar os diagnósticos por imagem.

O investimento para a manutenção e aquisição dos aparelhos foram de mais de R$ 750 mil. Para a aquisição da ultrassonografia, tem mais R$ 100 mil e R$ 250 mil de custeio para serem utilizados na saúde.

O Hospital Municipal de Queluz realiza em média 12,5 mil atendimento por mês. Hoje o hospital possui 19 leitos de internação em clínicas médicas, e nove leitos de observação 24 horas no Pronto Atendimento. A especialidade mais procurada na central de regulação é otorrino, e as mais procuradas no hospital municipal de Queluz são oftalmologia e ultrassonografia.

Segundo a secretaria de Saúde, o projeto para o hospital visa melhorar o sistema de prontuário eletrônico, a aquisição de novos equipamentos para melhora da infraestrutura, compra de colchões, lençóis, reforma do setor de radiologia e instalação do equipamento recebido pelo Hospital Albert Einstein.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>