CCR Nova Dutra inicia campanha contra queimadas

RMVale já registra um aumento de 184% no números de focos, que prejudicam saúde e segurança no trânsito

Queimadas na RMVale; CCR Nova Dutra deu início a campanha de alerta e prevenção às queimadas (Foto: Reprodução)

Marcelo Augusto dos Santos
RMVale
Com a chegada do inverno, as chuvas diminuem e com isso a vegetação fica seca e propicia a incêndios. Pensando nisso, a CCR Nova Dutra deu início à campanha de alerta e prevenção às queimadas nas margens da rodovia Presidente Dutra.

Segundo a empresa, os meses de junho, julho, agosto e setembro de 2019 concentraram 60% das ocorrências de focos de incêndios às margens da Via Dutra, em levantamento realizado nos 402 quilômetros administrados pela concessionária.

Além de aumentar o risco de acidentes, as queimadas causadas às margens da rodovia podem alastrar por matas e florestas causando danos ambientais. Bitucas de cigarros acesas jogadas por motoristas e passageiros de veículos são uma das causas de início de incêndio.

O gestor de Atendimento da CCR NovaDutra, Virgílio Leocádio ressaltou que as queimadas comprometem a visibilidade dos motoristas, podendo causar acidentes, além de aumentar o impacto ambiental. “Por essas razões temos alertado os usuários sobre o assunto, especialmente durante o período de estiagem, quando os riscos são maiores”.

A RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) já registra um aumento de 184% no números de focos de acordo com o programa Queimadas do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais).

O índice para o mês de mês de maio (18 focos) é o maior dos últimos dez anos. O número chega perto da média de junho quando há um aumentos de queimadas.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?