Campanha na região tenta alavancar doação de sangue

Sistema de coleta no Hemonúcleo de Taubaté apresenta queda no estoque sanguíneo durante pandemia

Secretarias de Saúde da região promovem movimento “Eu Dou Sangue” para incentivar doação neste período de pandemia (Foto: Reprodução)

Wanessa Telles
RMVale

Diante do crescente número de casos de Covid-19 na RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte), o sistema de doação de sangue também foi afetado, mas não pode parar. Para conscientizar a população sobre a importância do ato, secretarias de Saúde da região estão promovendo o movimento “Eu Dou Sangue”. A é ação incentivada pela campanha “Junho Vermelho”, do Ministério da Saúde, iniciada em 2015.

O plano orienta a população sobre a importância de doações durante o período de pandemia. Os doadores da região devem se cadastrar e passar pelas fases de triagem e entrevista. Os interessados devem comparecer ao Hemonúcleo de Taubaté (rua Inglaterra, nº 190, no Jardim das Nações) das 8h às 11h ou das 13h às 16h de segunda à sexta-feira ou aos sábados, das 7h30 às 11h, respeitando normas de prevenção à Covid-19.

Em função do novo coronavírus, a unidade adotou medidas de restrição no atendimento para evitar aglomeração. São distribuídas senhas para facilitar o serviço com limitação de 15 pessoas por hora. A administração do banco de sangue reforçou a obrigatoriedade do uso de máscara no local e pede que não levem crianças ou idosos.

O estoque sanguíneo do Hemonúcleo segue baixo e houve queda no número de doadores. “Nós já nos preparávamos para uma possível queda de doadores em maio, prevendo maior confinamento e a chegada das temperaturas mais baixas do outono e inverno. Hoje, nosso estoque está baixo, houve realmente demanda menor de doadores, no momento em que ainda temos casos de dengue na região e os hospitais estão retomando algumas cirurgias”, contou a agente de captação de doadores do Hemonúcleo, Andréia Marta.

Segundo dados divulgados pelo site do Hemocentro, na manhã do último dia 8, a unidade de Taubaté apresentou a quantidade de bolsas: A- (5 unidades), A+ (57), AB- (8), AB+ (26), B- (2), B+ (32), O- (18) e O+ (45). “Precisamos principalmente de O+. Dia 14 é dia ‘Internacional do Doador de Sangue’ e junho é um mês de ‘Conscientização. Junho Vermelho’. Aproveitamos a data para disseminar mais informações sobre doação de sangue e esperamos que o resultado seja positivo”, destacou Andréia.

Aptos – Estão aptos a doar pessoas entre 18 e 69 anos com boas condições de saúde e de peso superior a 50kg (homens) e 51kg (mulheres). As restrições e outros fatores que impedem a doação, além de mais informações sobre o agendamento e unidades mais próximas, podem ser encontrados no site hemocentro.fmrp.usp.br ou pelo telefone 0800 979 6049.

Compartilhar é se importar!

Um comentário em “Campanha na região tenta alavancar doação de sangue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?