Câmara de Silveiras aprova reajuste salarial aos servidores municipais

Vereadores atendem pedido do Executivo; aumentos durante gestão de Carvalho ultrapassam 23%

Trabalho de servidores da Prefeitura de Silveiras; governo deve adequar salários após aprovação na Câmara (Foto: Divulgação PMS)

Da Redação
Silveiras

Por unanimidade, a Câmara de Silveiras aprovou na noite da última segunda-feira (18) o projeto do Executivo que concede um reajuste salarial de 4,52% aos servidores municipais. Com a medida, a categoria acumula 23,31% de aumento em seus subsídios nos últimos cinco anos.

Encaminhada pelo prefeito, Guilherme Carvalho (PSDB), a proposta de reajuste foi elogiada pela nova composição da Casa, que conta com cinco vereadores remanescentes e quatro novos nomes. Além do atual presidente, Sidnei Ferreira (PSDB), os outros veteranos são: Marco Aurélio Gonçalves (PL), Neusa Menegon (PTB), Pedro Cirilo (PSD) e Pedro Paulo Cardeal (PTB).

Já os novos escolhidos pelos eleitores foram: Dirceu dos Santos, o Dirceu Zé Carmo (DEM), Djalma Nunes (PSDB), Francisco Mendes (PSD) e Vicente Braga (PSD).

Na justificativa do projeto, o chefe do Executivo explicou que o índice de reajuste de 4,52% foi estabelecido através do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), referente é à inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Com o aval da Câmara, o aumento será aplicado no salário dos servidores municipais a partir de janeiro.

Este foi o quinto reajuste promovido por Carvalho nos últimos cinco anos.
O primeiro, efetuado em 2017, atingiu 8%. Já os demais ocorreram em 2018 (2,79%), 2019 (3,69%) e 2020 (4,31%).

De acordo com o prefeito, os aumentos anuais fazem parte de sua política de valorização dos servidores municipais. “Estes reajustes são uma forma de agradecimento e reconhecimento ao grande trabalho prestado pelos nossos colaboradores. É importante destacar que os índices respeitam o equilíbrio financeiro do Município, gerando um impacto orçamentário aceitável. Agradeço o apoio da Câmara nesta ação tão importante para dezenas de famílias”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?