Agências dos Correios na região aderem à greve nacional

Pedido de manutenção dos direitos assegurados na normativa é o principal ponto de discussão; sindicato prevê maior adesão ao longo da semana

Unidade dos Correios, que teve nova paralisação; agências de cidades da região aderem ao movimento (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
RMVale

Os trabalhadores dos Correios da região aderiram, nesta terça-feira (18), à greve nacional para que sejam mantidos os direitos assegurados na normativa do último ano. Entre as cidades que já registraram paralisação estão Cruzeiro, Lorena, Guaratinguetá, Pindamonhangaba, Ubatuba, São Sebastião e Caraguatatuba.

Segundo o sindicato da categoria até a tarde desta terça-feira, 80% das agências e centros de distribuição da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) já haviam aderido ao movimento da greve nacional, ainda de que maneira parcial. A expectativa é que ao longo desta semana, outros locais de atendimento também passem a integrar o pedido sindicalista.

O principal apontamento dos funcionários está no atendimento das cláusulas normativas que estão em discussão no STF (Supremo Tribunal Regional) acerca dos direitos dos trabalhadores que deve ter desfecho na próxima semana. Conforme a categoria, das 79 cláusulas que asseguravam os direitos trabalhistas da categoria até 2021, 70 foram revogadas. Em caso de posicionamento favorável dos ministros ao longo do julgamento, haverá uma possível negociação para a normatização das atividades.

Em pronunciamento, os empregados afirmaram que para manter a “excelência do atendimento” é necessário focar o bem estar dos funcionários. “Para isso, precisamos cuidar da nossa saúde e ter a tranquilidade que nossos direitos e empregos serão assegurados. Por isso, precisamos de apoio da população à nossa luta. Lutamos contra a privatização dos Correios, por melhores condições de trabalho e pela manutenção dos direitos”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?