Pindamonhangaba avança em atendimento assistencial aos idosos com apoio estadual

Cidade inaugura unidade que abriga moradores no dia; local oferece cuidados e atividades de lazer

O Centro de Apoio a Idosos, entregue no início desta semana, em Pinda; obra teve orçamento de R$ 500 mil (Foto: Divulgação PMP)
O Centro de Apoio a Idosos, entregue no início desta semana, em Pinda; obra teve orçamento de R$ 500 mil (Foto: Divulgação PMP)

Lucas Barbosa
Pindamonhangaba

Após receber um recurso estadual de quase R$ 500 mil, a Prefeitura de Pindamonhangaba inaugurou na manhã da última quinta-feira o CDI (Centro Dia do Idoso). Destinada a oferecer cuidados e atividades socioassistenciais, a unidade atenderá até trinta moradores de mais de 60 anos.

Além do prefeito Isael Domingues (PR) e representantes da secretaria de Desenvolvimento Social do Estado, a cerimônia de inauguração contou com a presença de familiares do ex-morador e assistencialista Hugo Corregiari, falecido em 2011, que teve seu nome escolhido para “batizar” o prédio do CDI.

Localizada no bairro Vila Rica, a unidade, que é adaptada para portadores de necessidades especiais, possui uma área construída de 400 m² em um terreno de 1.450 m². Além de salas de recreação e de atendimento, o prédio conta com almoxarifado, ambulatório, banheiros, cozinha, dormitórios e lavanderia.

Iniciativa do Governo do Estado, o CDI, que possui outras 61 unidades em São Paulo, é destinado para o atendimento de idosos de segunda a sexta-feira, nos períodos das 8 às 17h. O local receberá membros “da melhor idade” que vivem sozinhos ou moram com filhos que trabalham durante o dia e não possuem disponibilidade para cuidarem dos pais durante a manhã e tarde.

Na unidade serão oferecidas refeições, aulas de artes manuais (artesanato e bordado), atividades esportivas e de lazer.
Além do recurso estadual, a construção do prédio contou com uma contrapartida municipal de pouco mais de R$ 302 mil.

Para a secretária de Assistência Social, Ana Paula Miranda, a implantação do CDI representará um marco histórico no atendimento voltado aos idosos de Pindamonhangaba. “Através deste equipamento, contribuiremos para que eles tenham uma melhor qualidade de vida. Além de evitar a solidão, que leva muitos a enfrentarem uma depressão, a convivência na unidade possibilitará um resgate a autoestima destes idosos. Começaremos com vinte assistidos, e futuramente poderemos ampliar para mais dez. O CDI representará um grande reforço em nossa rede assistencial destinada a este público”.

Os moradores interessados em contarem com vagas no CDI deverão efetuar as inscrições dos idosos no Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), localizado no Centro, a partir da próxima segunda-feira. A seleção dos beneficiados, que levará em conta a situação socioeconômica das famílias, deverá ser concluída até o fim de julho.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?