Pinda planeja conclusão de reforma do PS para abril de 2019

Melhoria está em sua penúltima fase; Estado garante apoio de R$1,5 milhão

Um das alas do hospital que passa por reforma; término está previdto para x
Um das alas do hospital que passa por reforma; término de obra é previsto para abril (Foto: Divulgação PMP)

Lucas Barbosa
Pindamonhangaba

Iniciada há mais de um ano, a reforma do Pronto Socorro de Pindamonhangaba está próxima de entrar em sua última fase. A obra, que contou com um investimento de quase R$ 2 milhões, tem a previsão de ser concluída até o fim de abril do ano que vem.

Com uma média de 15 mil atendimentos mensais, o Pronto Socorro, localizado no São Benedito, recebe obras de melhoria desde agosto de 2017. A reforma foi viabilizada através de um investimento estadual de quase R$ 1,5 milhão, e uma contrapartida municipal de cerca de R$ 419 mil.

Concluída no início de junho de 2018, a primeira etapa do serviço recuperou e adequou o primeiro andar do prédio. Desde então, o local passou a abrigar os pacientes submetidos aos atendimentos médicos, ambulatoriais e de observação. Anteriormente, os procedimentos eram realizados na parte térrea da unidade.

Já a segunda fase das obras, que deverá ser concluída até o fim do ano, consiste na modernização e ampliação do pavimento inferior do prédio.

A última etapa da reforma recuperará a parte de trás do prédio e instalação do elevador do Pronto Socorro Infantil.

Além de uma ala exclusiva para o atendimento de crianças, a reforma também resultará em uma melhor alocação das salas, construção de novas paredes, implantação de elevadores, nova pintura e a implantação de banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais.

A partir do próximo dia 5, a organização social Aceni (Associação das Crianças Excepcionais de Nova Iguaçu) assumirá a administração do Pronto Socorro de Pindamonhangaba.

Válido por seis meses, o contrato garante que terceirizada receberá mensalmente um repasse do município de R$ 1,749 milhão pelo serviço.

A chegada da Aceni resultará no fim da intervenção da Prefeitura sobre a administração da unidade, que ocorre desde 6 de junho.

Novas melhorias – De acordo com o prefeito Isael Domingues (PR), além do Pronto Socorro e do CEM (Centro de Especialidades Médicas), serão entregues à população no ano que vem as UPA’s (Unidades de Pronto Atendimento) do Araretama e do distrito de Moreira César.

Também estão previstas as reformas de diversas UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) do município. “Em 2019 vamos dar um dos mais importantes passos no nosso planejamento de restruturação da saúde. Vamos entregar diversos instrumentos da área, novos ou reformados. Um trabalho essencial para implantarmos uma melhor humanização no atendimento, que começa a partir de um local adequado para receber os pacientes”, explicou o chefe do Executivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>