Passageiros protestam contra o novo aumento da passagem de ônibus em Pinda

Tarifa é reajustada em R$ 0,50 e irrita passageiros; cobrança supera valores de São José e Taubaté

Passageiros aguardam para embarcar em ônibus do Viva Pinda; passagem teve aumento de R$ 0,50 nesta semana (Foto: Arquivo Atos)
Passageiros aguardando ônibus do Viva Pinda; passagem teve aumento de R$ 0,50 nesta semana (Foto: Arquivo Atos)

Da Redação
Pindamonhangaba

Anunciado pela Prefeitura de Pindamonhangaba no início do mês passado, o reajuste de quase 13% do valor da passagem do transporte público entrou em vigor na manhã da última quarta-feira. Para a insatisfação dos usuários, a tarifa do ônibus subiu R$ 0,50, superando os valores cobrados nas cidades vizinhas.

Em 5 de setembro, o prefeito, Isael Domingues (PR) comunicou à população que em um prazo de cinco dias o preço da passagem seria reajustado em 12,8%, passando de R$ 3,90 para R$ 4,40.

Mas poucas horas depois, o Executivo anunciou que a modificação entraria em vigor somente em 10 de outubro, já que era preciso esperar ao menos trinta dias entre a data de publicação do decreto e a do reajuste da tarifa.

Em nota oficial na época, a Prefeitura explicou que a medida foi tomada para manter o equilíbrio financeiro do contrato firmado com a concessionaria do serviço, a Viva Pinda.

Postagem em Facebook estampa descontentamento dos moradores com o aumento (Foto: Reprodução)
Postagem em Facebook estampa descontentamento dos moradores com o aumento (Foto: Reprodução)

Além do aumento do preço do diesel e na manutenção dos ônibus, a atual gestão municipal explicou que o reajuste também buscava dar condições para que a empresa conseguisse arcar com os salários de seus funcionários, que foram reajustados recentemente.

Atualmente, a Viva Pinda tem uma frota de 42 ônibus, que atendem diariamente quase 17 mil passageiros.

Como já era esperado, o aumento da tarifa desagradou os moradores de Pinda. Muitos usaram as redes sociais para protestar contra a medida e argumentar que o valor ficou acima até mesmo do cobrado nas outras duas principais cidades da região: São José dos Campos (R$ 4,10) e Taubaté (R$ 3,90). “A partir de hoje, Pinda terá a passagem de ônibus mais cara do vale. Brincou né?”, questionou um passageiro no Facebook.

Outra usuária do serviço questionou não apensas o aumento, mas também a qualidade dos veículos. “Já que é inevitável o aumento na passagem do ônibus, então vamos esperar que limpem os ônibus. Há meses pego esse ônibus, o 730, e está a mesma sujeira, dá nojo…”

O último reajuste tarifário do transporte público de Pinda havia ocorrido em 10 de maio de 2017, quando o preço saltou de R$ 3,50 para R$ 3,90.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>