Com aplausos e sorrisos, Pindamonhangaba inicia imunização contra a Covid-19

Nesta primeira fase profissionais da linha de frente são foco do atendimento; cidade já registrou mais de oitenta mortes

O fisioterapeuta André Mantovani, um dos primeiros vacinados em Pinda (Foto: (Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

Em menos de 24 horas após a chegada das vacinas, Pindamonhangaba iniciou, na manhã desta quinta-feira (21), a imunização contra o novo coronavírus. Os primeiros vacinados são profissionais que trabalham diretamente com pacientes graves da doença.

A cidade recebeu 1,8 mil doses da Coronavac, na noite da última quarta-feira (20). Antes mesmo da aprovação final da vacina, Pinda já tinha preparado toda a estrutura de armazenamento. A médica, Bruna Ribeiro Monteiro, e o fisioterapeuta André Mantovani foram os primeiros imunizados.

A expectativa é que seja aplicada uma triagem técnica dos profissionais de saúde que serão vacinados nesta primeira fase. Os dois integram a equipe de coordenação da “Campanha Covid” e estão há quase um ano enfrentando a doença de perto. “Vamos dar início hoje aos profissionais da rede de urgência, aqueles que estão alocados em lugares que fazem diretamente o enfrentamento à Covid. Todos serão vacinados. Todos os profissionais da saúde, é claro que vai depender das próximas remessas que serão enviadas”, ressaltou a secretária de Saúde, Valéria dos Santos.

Apesar dos mais de cinco mil casos, perdas de profissionais para a doença e cansaço da equipe, a chegada da vacina é vista com muito otimismo pelos responsáveis pela saúde no município, pois marca a vitória sobre o vírus. “É emocionante, agora vacinou… trabalha! Voltar para a luta. É tempo de esperança e mudança que nos mostra o quanto temos que cuidar mais de nós e do próximo”, comentou emocionado Mantovani.

O ato que marcou o começo da vacinação no município, embora restrito, contou com a presença de autoridades, como o vice-prefeito Ricardo Piorino (PSL) e vereadores. A expectativa da secretaria de Saúde é prosseguir até às 18h, desta quinta-feira, com a imunização dos profissionais de saúde.

Até o fechamento desta matéria, Pinda havia registrado 5.201 casos confirmados, com 86 óbitos e 1315 suspeitos. A cidade registrou ainda 93% de ocupação de leitos entre unidade publica e privada e 83 enfermarias.

 

 

 

 

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?