Atacada com ácido, mulher segue internada em estado grave em Pinda

Vítima tem diversas queimaduras pelo corpo; Polícia Civil busca identificar autor do crime

O Pronto Socorro de Pinda que mantém vítima internada (Foto: Arquivo Atos)
O PS de Pinda que recebeu vítima atacada na última terça-feira (Foto: Arquivo Atos)

Da Redação
Pindamonhangaba  

A Polícia Civil de Pindamonhangaba abriu um inquérito para tentar identificar o criminoso responsável por jogar ácido em uma mulher de 30 anos na tarde da última segunda-feira no bairro do Crispim. Com diversas queimaduras pelo corpo, a vítima permanece internada em estado grave na Santa Casa.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher voltava de bicicleta do trabalho por volta das 18h, pela rua Monsenhor João José de Azevedo, quando foi atingida por uma bexiga que armazenava uma substância corrosiva.
Sem saber identificar o autor do ataque, ela buscou ajuda em um estabelecimento comercial da via.

Com queimaduras de 2° e 3° graus no rosto, tronco e pernas, a vítima foi socorrida por uma ambulância e encaminhada ao Pronto Socorro de Pindamonhangaba.

A Polícia Civil realizou diligências pela região do crime durante a terça-feira, mas nenhum morador ou sistema de câmeras de vidomonitoramento flagraram a ação.

A delegacia da Polícia Civil de Pinda que investiga caso (Foto: Arquivo Atos)
A delegacia da Polícia Civil de Pinda que investiga caso (Foto: Arquivo Atos)

A suspeita inicial era de que o ex-marido fosse o autor do ataque. Indagado durante depoimento, o suspeito negou o crime e alegou que não via a ex-companheira há mais de duas semanas.

A Polícia Civil analisará partes das roupas da ferida para tentar identificar o tipo de ácido usando na ação, que foi capaz até mesmo de corroer parte do asfalto da rua.

Procurado pela reportagem do Jornal Atos, o 1º Distrito Policial de Pindamonhangaba informou que as investigações prosseguirão até que o autor e a motivação do crime sejam descobertos.

 

 

 

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?