Após confirmação de infectado Bem Viver passa a ter espaços de convivência interditados

Identificação de Covid-19 no empreendimento aconteceu na última semana e as áreas abertas foram vedadas com fita zebrada

Playground interditado no Bem Viver, após confirmação de Covid-19 (Foto: Divulgação PMP)

Bruna Silva
Pindamonhangaba 

Depois de identificar um caso positivo para o novo coronavírus, a secretaria de Habitação de Pindamonhangaba em conjunto com os síndicos locais deu início às interdições de áreas de convivência, no Bem Viver. A intenção é diminuir a disseminação do vírus no complexo habitacional.

Conforme boletim epidemiológico da Vigilância Epidemiológica, divulgado na última semana, um morador de 61 anos está com Covid-19 e permanece internado numa unidade de saúde pública. Estima-se que mais de 1,5 mil famílias morem no espaço, a ação de reduzir a área comum visa impossibilitar a circulação de pessoas.

Segundo a Prefeitura, os centros comunitários, quadras e parquinhos foram interditados, “para mais segurança dos moradores”. Também ocorre a distribuição de máscaras de proteção, além da mobilização de síndicos para contratar um carro de som e conscientizar a população sobre medidas de proteção, como o uso de álcool em gel.

Recentemente, o Bem Viver passou por limpeza e desinfecção dos estacionamentos dos seis condomínios (Jacarandá, Cerejeira, Cedro, Pinus, Salgueiro e Mogno).

Pindamonhangaba tem 113 confirmações para a doença, oito pacientes estão hospitalizados, sendo três deles na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A secretaria de Saúde aguarda ainda o resultado de 45 testes realizados, o município contabiliza oito mortes.

 

Compartilhar é se importar!

Um comentário em “Após confirmação de infectado Bem Viver passa a ter espaços de convivência interditados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?