Programa de combates a alagamentos avança para mais três bairros em Lorena

Bairro da Cruz, Olaria e Vila Zélia recebem melhorias em sistema de drenagem; investimentos no Pcap ultrapassam R$ 5 milhões

Operários na obra em execução na avenida São Pedro, no Olaria; investimento atende outros bairros (Foto: Lucas Barbosa)
Operário na obra em execução na avenida São Pedro, no Olaria; investimento atende outros bairros (Foto: Lucas Barbosa)

Lucas Barbosa
Lorena

Com um investimento de quase R$ 1,5 milhão, a Prefeitura de Lorena iniciou na última semana as obras de melhorias no setor de drenagem de três bairros. A ação, que faz parte do Pcap (Programa de Captação de Águas Pluviais), busca evitar novos alagamentos pelo município, com foco no período de fortes chuvas, entre novembro e fevereiro.

Lançado pelo prefeito Fábio Marcondes (PSDB) no início de 2015, o Pcap viabilizou a construção de galerias de águas pluviais (provenientes da chuva) em diversos pontos críticos da cidade, que sofriam com alagamentos. Ao todo, as melhorias contaram com um investimento municipal de mais de R$ 4 milhões.

A principal obra foi realizada no Cidade Industrial em julho de 2015. Orçado em R$ 1,519 milhão, o serviço consistiu na macrodrenagem, construção de galerias de águas pluviais e implantações de tubulações em diversas vias do bairro.

Desde então, as demais etapas do Pcap foram realizadas no Cabelinha, Centro, Olaria do Simão e Parque das Rodovias.

Na última semana, foi à vez do programa beneficiar as famílias do Bairro da Cruz, Olaria e Vila Zélia.

No Olaria, a obra consistirá na implantação de uma tubulação de 250 metros lineares (em linha reta).  A ação busca conter alagamentos na avenida São Pedro e nas ruas Albano José e Hermano Borges.

A nova tubulação conduzirá as aguas pluviais até o desague no Ribeirão do Taboão. A conclusão da obra, orçada em R$ 237 mil, está prevista para o fim de novembro.

Morador do Olaria há quase três décadas, o aposentado, José Benedito Rodrigues, 71 anos, comemorou o início do serviço. “Desde que eu mudei para cá, vejo muita gente sofrendo quando chove forte. Aqui perto da Paróquia de São Pedro fica quase impossível passar a pé ou de bicicleta quando tem tempestade. Até que enfim, alguém vai dar um jeito nesse problema tão antigo”.

Já as adequações no sistema de drenagem do Vila Zélia e Bairro da Cruz necessitarão de um investimento municipal de R$ 1,349 milhão. Enquanto o primeiro terá beneficiada a rua Madame Curie, o outro receberá melhorias na avenidas Nossa Senhora de Fátima e Sete de Setembro, nas rua Presidente Roosevelt e Amélia Pereira e no entorno da praça Mario Covas.

Juntos, os bairros vizinhos receberão a implantação de uma rede de galeria e tubulação de 720 metros. Através do sistema de captação, a água desaguará no Ribeirão Mandi. A expectativa é que a obra seja concluída até o fim de novembro. “É importante ressaltar que todas estas obras do Pcap contaram com recursos municipais. Isso comprova que a atual gestão municipal está se empenhando para solucionar todos os problemas relacionados ao sistema de drenagem, que por muitos anos prejudicavam centenas de famílias”, ressaltou o secretário de Obras e Planejamento Urbano, Marcos Anjos.

O chefe da pasta revelou ainda que existe a previsão de que no fim de setembro seja iniciada a próxima etapa do Pcap no Cecap.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>