Marcondes investe cerca de R$ 550 mil em nova revitalização de campos e quadra poliesportiva

Reformas contemplam Vila Geny, São Roque e Comerciários 1; obras de drenagens têm R$ 650 mil

Crianças batem bola no Campo do Vera, na Vila Passos; Prefeitura anuncia obra para recuperação de áreas (Foto: Arquivo Atos)

Rafaela Lourenço
Lorena

A Prefeitura de Lorena anunciou a reforma de mais dois campos de futebol e a retomada das obras da quadra poliesportiva da escola Aparecida Machado Guedes de Oliveira. Somados, os investimentos ultrapassam os R$ 550 mil. Em paralelo, dois trechos da cidade seguem com obras subterrâneas para drenagem de águas pluviais, com R$ 650 mil. A expectativa é de terminá-las em prazos que variam de um a seis meses.

O prefeito Fábio Marcondes (sem partido) assinou um convênio com o governo Federal de R$ 240 mil, e em contrapartida completará o orçamento com R$ 60 mil para contemplar a reforma dos campos de futebol dos bairros São Roque e Vila Geny. As obras consistirão na reposição de partes danificadas do gramado, reforma completa dos vestiários com a troca de esquadrias, janelas e portas, manutenção elétrica e dos alambrados.

De acordo com o secretário de Obras e Planejamento Urbano, Marcos Anjos, o processo licitatório segue em andamento e a expectativa é de que os serviços tenham início em janeiro, com a previsão de três a seis meses para conclusão. “Será parado um pouco o uso dos campos. Os vestiários já estão inutilizáveis, mas como é obra, estaremos coordenando para avançar no campo primeiro para liberá-lo, depois faremos a intervenção nos vestiários”, explicou.

Segundo a secretária de Esportes e Lazer, Vera Silva, com os anúncios, dos 11 campos, 6 estarão totalmente reformados na cidade. “É uma cobrança da população, e quando se fala em esporte, a primeira coisa que pensam é no futebol. Para esse ano vamos conversar para avançarmos nas quadras poliesportivas e outros campos. Tenho certeza que em 2020 o esporte avançará ainda mais referente a infraestrutura”, destacou Vera.

Quanto a quadra coberta da escola Professora Aparecida Machado Guedes de Oliveira, localizada à Vila dos Comerciários 1 e paralisada desde 2017, deve ser finalizada no primeiro semestre de 2020.

Anjos frisou que atualmente o espaço conta com 74% concluído, e para o restante dos trabalhos como a iluminação, pintura e detalhes nos vestiários, serão investidos mais R$ 251 mil provenientes do governo federal. “A obra já está licitada, temos a empresa que ganhou, a Lema, e o prefeito deve homologar e assinar com ela nessas duas últimas semanas de dezembro, para no início de janeiro essa empresa retomar as obras”.

Ainda segundo o secretário, o projeto iniciou em 2015 e paralisou em 2017 devido à falta de repasses do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). “Ela iniciou com R$480 mil e contrapartida de R$80 mil da Prefeitura, que já foi pago, e agora falta os R$251 mil. Acreditamos que com a mudança de governo consigamos ter esse repasse do FNDE para terminá-la”.

A expectativa é de entregá-la aos alunos e colaboradores da escola em quatro ou cinco meses.

Contra alagamentos – Uma das obras que seguem em andamento na cidade para conter alagamentos em pontos críticos está sendo realizada com o investimento de R$650 mil dos cofres municipais. Estão sendo contempladas as áreas do Parque das Rodovias, conhecida como Pé Sujo, e proximidades das ruas Osvaldo Aranha e Gonçalves Dias, no Vila Zélia.

No Parque das Rodovias, além da drenagem, será feita a pavimentação do trecho. O serviço deve ser entregue em até trinta dias, já na rua Osvaldo Aranha, que despejará as águas na rua Madame Curie, a Prefeitura estima quarenta dias para conclusão.

Durante o recesso de 20 de dezembro a 2 janeiro todas as obras estarão suspensas. A Prefeitura assegurou que as ruas estarão o mais limpas possível para as festividades natalinas.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?