Lorena investe em espaço sociocultural para afastar jovens do crime

“Estação Juventudes” recebe público a partir da próxima segunda-feira; local tem expectativa de atender até quinhentas pessoas

Apresentação artística durante inauguração do Estação Juventudes; espaço é sede da subsecretaria xxxxxxxxxxxxxx
Apresentação artística durante inauguração do Estação Juventudes;  subsecretaria ganha nova sede (Foto: Divulgação)

Lucas Barbosa
Lorena

Inaugurada na última semana, a sede da subsecretaria de Juventude de Lorena é considerada pela Prefeitura uma ferramenta de peso para contribuir com o combate à criminalidade no município. Batizada como “Estação Juventudes”, a unidade oferecerá uma série de atividades socioculturais e de lazer.

Anteriormente sede da secretaria de Segurança, o prédio à avenida Marechal Teixeira Lott, na Praça da Estação, no Centro, recebeu um investimento municipal de quase R$ 40 mil em obras de melhorias para passar a abrigar o “Estação Juventudes”.

Além de um grupo de cerca de cinquenta adolescentes, a cerimônia de inauguração do espaço, na tarde do último dia 9, contou com a presença do prefeito Fábio Marcondes (PSDB) e diversas outras autoridades municipais.

A subsecretaria de Juventude oferecerá aos frequentadores, a partir da próxima segunda-feira, oficinas de empreendedorismo, discussões sobre obras cinematográficas, ações socioculturais, rodas de conversa temática e debates sobre temas contemporâneos. “Neste espaço o jovem terá condições de realizar uma série de atividades que contribuirão para que ele se desenvolva nas mais variadas áreas da vida. Nos últimos anos implantamos diversas ações voltadas a este público tão importante, e que agora terá um local totalmente estruturado para se reunir com uma maior frequência”, explicou Marcondes.

Apontada pelo ‘Instituto Sou da Paz’ como a cidade mais violenta do Estado no ano passado, com a taxa de 31,8 mortes por grupo de cem mil habitantes, Lorena já registrou 17 assassinatos nos primeiros seis meses de 2018. O número representa um aumento de 70%, no comparativo com a mesma época de 2017, quando ocorreram dez mortes.

De acordo com a subsecretária de Juventude, Gilse Rodrigues, o “Estação Juventudes” tem como um dos seus objetivos afastar os jovens das drogas e da criminalidade. “Já que ofereceremos inúmeras atividades, evitaremos que eles sejam tomados pela ociosidade. Além de ocupar o seu tempo, o jovem se desenvolverá intelectualmente percebendo que existem outros caminhos muito mais interessantes do que o do crime”, destacou Gisele. “Nossa meta é atender cerca de quinhentas pessoas, pois acompanhamos grande parte delas há alguns anos durante trabalhos realizados nas escolas públicas”, contou.

O estudante Pedro Henrique dos Santos, 18 anos, que andava de skate próximo à Praça da Estação durante a cerimônia de inauguração, demonstrou interesse em participar das atividades oferecidas pelo novo espaço. “Aqui vai ser bom porque em Lorena, tirando o CSU (Centro Social Urbano), não temos muitos lugares legais para ir. Parei na porta por causa do movimento, mas pretendo voltar na próxima semana. Hoje em dia é difícil encontrar um lugar que ofereça de graça alguma coisa boa para nós”.

Os interessados em conhecerem ou participarem das atividades ‘Estação Juventudes’ devem comparecer ao local a partir do próximo dia 20, entre as 8h e 17h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>