Lorena garante apoio para tênis de mesa com novo convênio com Sesi

Parceria com o projeto Matostt incentiva atletas de alto rendimento; contrato tem duração de um ano

Alunos do projeto participam de atividades em galpão, durante anúncio oficial de parceria com o Sesi (Foto: Rafaela Lourenço)
Alunos do projeto participam de atividades em galpão, durante anúncio oficial de parceria com o Sesi (Foto: Rafaela Lourenço)

Rafaela Lourenço
Lorena

Um convênio de cooperação técnica de alto rendimento firmado com o Sesi São Paulo é aposta para ampliar a estrutura do tênis de mesa de Lorena. O contrato, oficializado na última sexta-feira, garante apoio estrutural aos alunos do projeto Matostt.

O convênio vai incentivar atletas de 11 a 20 anos em um programa de alto rendimento. Com o apoio, os atletas terão garantidos o translado, alimentação e hospedagem para todas as competições da Federação Paulista e da Federação Brasileira de Tênis de Mesa.

“Isso ajuda muito porque somos uma entidade sem fins lucrativos, trabalhamos através de ajuda e parcerias. Além de Lorena ser referência no Vale, teremos os melhores atletas de toda a região, em alto rendimento, treinando aqui na cidade, que desde 2014 é um centro nacional”, destacou o idealizador e supervisor do projeto, Fábio Matos, que ocupa cargo de vereador em Lorena pelo PCdoB.

De acordo com o diretor do Sesi da Jurisdição do Vale Histórico, Alexandre Ribeiro Meyer, desde 2010, com a chegada de Paulo Skaf à presidência da instituição, o incentivo a novas modalidades foi intensificado, sendo este o primeiro com o tênis de mesa. “O convênio tem duração de um ano, mas são sempre renováveis. Nunca vi um ser interrompido nos últimos anos. Os atletas terão toda a estrutura do Sesi, inclusive estamos contratando um treinador específico para trabalhar principalmente com a categoria de base para revelarmos novos atletas para o futuro”.

Meyer ressaltou que o convênio com Lorena é semelhante ao de Franca-SP, que hoje conta com o time Sesi Franca Basquete, iniciado nas categorias de base até o adulto.

O prefeito Fábio Marcondes, que prestigiou a cerimônia realizada no Centro Nacional de Tênis de Mesa, no Colégio Delta, destacou o apoio da Prefeitura de Lorena. “O esporte é um fator multiplicador! Desde 2013 abraçamos o tênis de mesa, pois o Matostt representava Guaratinguetá até 2012, e trouxemos para cá. É um trabalho de lorenense e referência no Estado. Sei que vamos descobrir mais talentos e desenvolver essa referência”, frisou.

O trabalho com o tênis de mesa existe há 15 anos, oferecido pela Associação de Matos, de forma gratuita, com idade mínima de cinco anos. Com o projeto, a cidade é a única da região a disponibilizar um espaço dedicado ao esporte.

Além de Fábio Matos, as aulas são realizadas pelo técnico André Tanaka às segundas, quartas e sextas-feiras, das 18h às 22h (abertas para experimentação). Os interessados em participar devem levar uma foto 3×4, uma cópia do RG e atestado médico que libere a prática regular de atividade física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>