Lorena aprovada convênio de R$ 950 mil com o Detran

Projeto de mobilidade urbana deve ampliar segurança no trânsito municipal com atualização de tecnologia e estrutura de serviços

A rua Dom Bosco, no Centro de Lorena; trânsito da cidade deve ter mudanças com o benefício do Detran (Foto: Rafaela Lourenço)

Rafaela Lourenço
Lorena
 

Apesar do foco das ações municipais, estaduais e federais estarem sob a prevenção à Covid-19, o trânsito de Lorena pode ter mudanças até o final do ano. A Câmara aprovou esta semana, um projeto do Executivo que autoriza o Município firmar um convênio com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). O investimento gira em torno de R$ 954 mil.

Benefícios à mobilidade urbana como novas ciclovias, ampliação semafórica e plano de rota para ônibus e caminhões estão inclusos no projeto protocolado no Detran, no dia 20 de fevereiro.

A lei, aprovada por unanimidade na última sessão ordinária, autorizando os convênios com o Estado, será enviada ao Departamento para reforçar o projeto de ações já aprovado.

De acordo com o secretário de Trânsito e Transportes, Norival de Sousa Junior, Lorena faz parte do programa estadual Movimento Paulista, que gera um mapa de calor e recebe dados das cidades como os índices de situação de trânsito para definir investimentos e apoio. “Esse projeto foi solicitado pelo próprio Detran para o nosso município, uma disponibilização de verba através de convênio para que pudéssemos implementar novas estruturas na questão de mobilidade urbana da cidade”, salientou.

Após um estudo da equipe, vários pontos da cidade receberão melhorias como as avenidas Targino Vilela Nunes e Papa João 23, na Vila Nunes, que deve ter o semáforo alterado para um de quatro tempos. O objetivo é dar maior fluidez no trânsito e evitar transtornos no local.

O secretário frisou que o Executivo aguarda o chamamento para assinatura do convênio e que a verba será liberada de acordo com o andamento das obras, estipulado em um cronograma de execução.

Devido às atenções estarem voltadas para a saúde, ainda não há uma previsão para o montante chegar aos cofres públicos. “Nesse primeiro momento, o país todo passa por uma necessidade de remanejamento de verbas. Então temos que verificar como que vai ficar essa nova reestruturação do país com relação à Covid-19 e depois sim, ficarmos no aguardo e esperançosos para que essa verba chegue e possamos dar andamento aos projetos apresentados”, explicou Norival, que compactua com a prioridade da saúde pública.

Há uma estimativa de contrapartida da Prefeitura de aproximadamente R$ 100 mil para complementar e concluir os serviços se houver necessidade. O responsável pelo trânsito municipal ainda destacou que todos os trabalhos possíveis estão sendo feitos para beneficiar o coletivo lorenense.

Dúvidas ou denúncias vinculadas ao setor podem ser esclarecidas ou realizadas pelo telefone (12) 3153-1250, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?