Lorena aguarda aval da Câmara para a implantação de Zona Azul

Rua Dom Bosco, no Centro de Lorena; alterações no transito e pedido de Zona Azul (Foto: Lucas Barbosa)
Rua Dom Bosco, uma das mais movimentadas de Lorena; alterações no transito e pedido de Zona Azul (Foto: Lucas Barbosa)

Medida busca maior rotatividade de vagas de estacionamento na região central; ação divide opiniões entre motoristas

Lucas Barbosa
Lorena

Apontada pelos motoristas de Lorena como um dos principais problemas do Centro, a falta de rotatividade de vagas de estacionamento pode estar com os dias contados. Pelo menos esta é a expectativa da Prefeitura, que encaminhou à Câmara, na última semana, um projeto para a implantação do sistema de Zona Azul.

Com uma frota de aproximadamente 42 mil veículos, Lorena conta com diversas vias estreitas na região central, o que acaba dificultando o estacionamento. Outro fator que torna ainda mais difícil a missão de encontrar uma vaga é o fato de que não existe um limite de tempo para a sua ocupação.

Para reverter ou amenizar a situação, a Prefeitura aposta na implantação da Zona Azul.

De acordo com o secretário de Trânsito e Transportes, Marcos Ramos, o Marquinhos da Colchoaria Ramos, no início do mês membros da pasta visitaram São Roque-SP para conhecerem de perto o sistema rotativo de vagas adotado no município, que conta com parquímetros eletrônicos. Mesmo após presenciar a eficiência do serviço, a secretaria estuda ainda qual o modelo deverá ser adotado em Lorena. “Mediante a aprovação legislativa do projeto, decidiremos se a cobrança pela Zona Azul será feita por parquímetros ou até através de um aplicativo de celular. Nossa expectativa é que até o fim do ano a cidade já conte com este sistema que certamente aumentará a rotatividade de vagas”.

Para o vendedor de produtos importados, Felipe Rodrigues, 28 anos, a implantação da Zona Sul pode ser uma boa saída para reduzir os transtornos causados pela escassez de vagas. “Pelo menos duas vezes por dia tenho que despachar os pedidos dos meus clientes no Correios e só Deus sabe o sufoco que é para estacionar o carro no Centro. Acabo sendo obrigado a pagar um estacionamento. Acho que a Zona Azul tem tudo para dar certo”.

Já a universitária Ana Clara de Oliveira, 21 anos, é contrária a implantação do sistema. “Já pagamos impostos para tudo e agora vai ter mais um. Acho que a Prefeitura poderia estipular um tempo limite para ficar estacionado, mas sem cobrança alguma”.

Mudanças – Na última terça-feira, a secretaria de Trânsito e Transportes interditou diversas vias na região central para a realização de obras e mudanças na sinalização e de tráfego. Desde então, os acessos ao AME (Ambulatório Médico e de Especialidades) e Pronto Socorro são feitos pelas ruas Doutor Rodrigues de Azevedo e 19 de Novembro.

A avenida Capitão Messias Ribeiro segue sem alteração até a rua Mamede de Campos, ponto em que o sentido foi interditado.

Marquinhos revelou também que, em breve, serão feitas melhorias que fazem parte do plano de mobilidade urbana. A proposta deve garantir maior segurança aos ciclistas que trafegam pela avenida São José, que liga o Centro a bairros como Santo Antônio, Cidade Industrial e Vila Cida. “Além dos quase cinco quilômetros de ciclovias e ciclofaixas que temos pelo município, em breve será implantada uma ciclorrota na avenida São José, que consiste num caminho sinalizado que representa o caminho mais seguro para as bicicletas percorrerem”, explicou o secretário.

Ele respondeu ainda às críticas de moradores sobre a implantação de locais destinados aos ciclistas. “É difícil agradarmos todo mundo, mas estamos fazendo o possível para melhorar o sistema de trânsito e principalmente garantir uma maior segurança. Além disso, todos sabem que a nossa cidade tem um número altíssimo de ciclistas, o que consequentemente nos obriga a criar alternativas para facilitar o deslocamento deles”.

Compartilhar é se importar!

2 comentários em “Lorena aguarda aval da Câmara para a implantação de Zona Azul

  • 27 de abril de 2017 em 16:25
    Permalink

    Boa tarde, centro de Lorena já não tem vagas para estacionar, ainda colocam ciclovia na Rua Major Oliveira Borges, quero ver se este secretário trânsito tem peito pra colocar na Rua Dom Bosco, onde causa transtorno no transito cedo e noite. Ali ele não bota cara.

    Resposta
  • 9 de maio de 2017 em 23:25
    Permalink

    Boa Ideraldo, queria saber tambem para onde vai o dinheiro do ipva, só tem ruas esburacadas, poderiam usar esse dinheiro para arrumar meu carro que está detonado por causa dessas ruas. No fim de semana fecham a passagem de nível da avenida sao jose para o centro, jogando o transito todo para rua do pronto socorro. Se o transito estiver pesado e tiver alguma emergencia? deveria ser contrario, a rua do pronto socorro devia ser o menor transito de lorena.
    CADE O DINHEIRO QUE PAGAMOS NO EMPLACAMENTO DAS BICICLETAS????

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?