5º Bil reforça segurança dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio

Efetivo de 410 militares tem uma das principais missões na capital carioca

Homens do 5º BIL durante treinamento; efetivo fará parte de equipe especial para os Jogos Olímpicos (Divulgação)
Homens do 5º BIL durante treinamento; efetivo fará parte de equipe especial para os Jogos Olímpicos (Divulgação)

Rafaela Lourenço
Lorena

Os militares do 5º Bil (Batalhão de Infantaria Leve – Regimento Itororó) reforçarão a segurança dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio de Janeiro. Serão 410 homens realizando ações de segurança com prioridade para a Defesa Nacional (Contingência e Proteção de Estruturas Estratégicas) na Barra Funda, Deodoro, Copacabana e Maracanã.

A missão do quartel de Lorena é considerada a mais importante das distribuídas entre os quarteis. O 5º Bil ficará na Barra da Tijuca onde se concentrará a maior parte dos jogos, o MPC (Main Pres Center) o centro principal da imprensa nacional e internacional, o IBC (International Broadcasting Center) Centro Internacional de Transmissão e a Vila dos Atletas.

Eles serão responsáveis pela segurança dessas estruturas e também de subestação de energia elétrica, abastecimento de água e todos os mecanismos que possam interferir na execução ou transmissão do evento.
O efetivo é basicamente o profissional do 5º Bil. Irão militares de todas as patentes para compor as bases de atuação. Além dos 410 militares do 5º Batalhão de Infantaria Leve, mais 136 homens do 4º Batalhão de Infantaria Leve de Osasco irão compor o efetivo.

Os treinamentos específicos se iniciaram no dia 25 de abril. Foram realizadas atividades em Lorena e os próximos exercícios serão na região de Piquete entre os dias 16 e 20. A preparação segue até o dia 10 de julho.
A previsão de ida para o Rio é 11 de julho com permanência até 28 de setembro. “Chegando no Rio de Janeiro teremos uma fase de adestramento com o Comando Militar do Leste de tal forma que no dia 5 de agosto, início das Olimpíadas, o meu pessoal já estará nas condições e atuação”, comentou comandante do 5º BIL Orlando Giuvenduto.

O efetivo selecionado para a missão dos Jogos 2016 tem experiências nacionais como a participação na Copa das Confederações, a visita do papa Francisco, pacificação do Complexo da Maré e do Alemão e internacionais como a do Haiti.

Ainda de acordo com o comandante, as atividades podem ser alteradas se esgotarem os meios de segurança pública. “Dessa forma sim vamos realizar operações de garantia da lei e da ordem mediante autorização da presidente da República”, afirmou.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?