Zagueira de Guará luta por mundial sub-20 com seleção feminina de futebol

Giovanna Campiolo vira destaque da região na campanha pelo título da Copa do Mundo sub-20

Zagueira durante treino com a seleção (Foto: Divulgação Gio / CBF)
Zagueira durante treino com a seleção (Foto: Divulgação Gio / CBF)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

A Seleção Brasileira sub-20 de futebol feminino estreou na Copa do Mundo com uma goleada por 9 a 0 sobre Papua Nova Guiné, no último domingo. Entre as titulares, a guaratinguetaense Giovanna Campiolo, dona da camisa 3, que aos 19 anos luta pelo sonho de quebrar a hegemonia de Estados Unidos e Alemanha na competição.

Das sete edições da Copa do Mundo sub-20, o melhor resultado do Brasil foi um terceiro lugar, na edição da Rússia, em 2006. Desde então, a Seleção tem ficado longe do pódio e acabou assistido alemãs e norte-americanas se alternando como campeãs. Para mudar a história neste ano, o time precisa desbancar adversárias de qualidade na primeira fase, como Coréia do Norte e Suécia.

Na estreia, uma goleada por 9 a 0 abriu caminho para Giovanna e suas companheiras. “O nosso primeiro jogo não exigiu tanto e conseguimos impor nosso ritmo de jogo e fazer com que os gols acontecessem. Não tínhamos determinado nada para a partida, pois não conhecíamos muito Papua Nova Guiné. Entramos com a intenção de vencer e fazer um bom trabalho, o que foi pedido pela comissão técnica”, contou Giovanna.

Em êxtase com a oportunidade de representar o País em uma Copa do Mundo, a defensora afirmou que está realizando um sonho. Giovanna também contou que o grupo deve enfrentar muitas dificuldades nos dois próximos jogos do torneio. “Nossos outros adversários já têm uma técnica e padrão de jogo bem melhores. São ótimas seleções. Vamos ter muito trabalho pela frente”.

Apesar de nunca ter conquistado o título, a Suécia sempre teve seleções fortes. Já a Coréia do Norte, próxima adversária, foi campeã do mundo em 2008. Além do título, as norte-coreanas foram vice em 2008 e quartas colocadas em 2014. “Recentemente enfrentamos uma equipe que joga muito parecido, a Coréia do Sul. Conseguimos adquirir um pouco mais de experiência e conhecimento, mas sabemos que cada jogo é diferente. A Coréia do Norte é forte seleção e mostrou isso vencendo a Suécia na estreia. Será um ótimo teste”, concluiu.

O Brasil lidera o grupo com três pontos e nove gols de saldo. A Coréia do Norte é a segunda, com a mesma pontuação e dois gols de saldo. Os times jogaram às 4h desta quarta-feira (partida encerrada) após o fechamento desta edição). A Seleção encerra a primeira fase contra a Suécia, no domingo, 20, às 7h.

Um comentário em “Zagueira de Guará luta por mundial sub-20 com seleção feminina de futebol

  • 17 de novembro de 2016 em 08:45
    Permalink

    Até que enfim alguém divulga matéria sobre a seleção sub 20 feminina, em Novembro do ano passado, a nossa seleção conquistou o título de Campeã Sulamericana, campeonato realizado em Santos- SP, e ninguém nem tomou conhecimento !!! Fico feliz, pois como pai da atleta Giovanna Campiolo, sei como é difícil no Brasil, atingir tal patamar, anos e anos de luta e correrias, mas valeu à pena ! O reconhecimento é muito importante !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>