Visitas ao Gomeral durante quarentena preocupam moradores, que pedem respeito ao isolamento social

Bairro de Guará tem recebido grande volume de pessoas semanalmente; secretaria orienta população a denunciar desobedientes às determinações contra o Covid-19

Atividades esportivas são uma das atrações do Gomeral; moradores temem desrespeito ao isolamento (Foto: Reprodução)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

O número de visitantes ao Gomeral tem chamado atenção dos moradores da região. O bairro, que fica na zona rural de Guaratinguetá, é um dos pontos principais para o turismo de aventura. Mas mesmo com as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), do Ministério da Saúde e da secretaria de Saúde do Estado de São Paulo de que seja respeitado o isolamento social devido ao novo coronavírus, muitas pessoas têm ido para o bairros nadar, acampar ou aproveitar os atrativos turísticos.

O Gomeral, que fica na região mais alta da cidade, é conhecido pela beleza natural, pelo Festival Culinário da Truta, pelas cachoeiras e pelo sossego. Sempre de portas abertas aos visitantes, dessa vez, os moradores pedem para que seja respeitada a recomendação de isolamento social para que a Covid-19 não se propague na cidade.

A presidente da Associação de Amigos do Gomeral, Lúcia Helena Espíndola, afirmou que os moradores, proprietários de pousadas e restaurantes, estão preocupados com o grande movimento de pessoas no bairro. “É triste chegar a esse ponto, de nós que temos estabelecimentos, que vivemos do turismo, chegar a pedir para as pessoas que não venham. Mas é pelo bem de todos”, desabafou.

Ela contou que o grupo teve que interditar a Cachoeira do Onça, local que estava sendo muito visitado, com direito a acampamento. “Mesmo sendo uma propriedade particular, as pessoas estavam invadindo, entrando. O pátio da igreja também, que se manteve desde o início trancado, com cartaz, para as pessoas não entrarem. Estamos tendo (problemas) ainda. Deixam (visitantes) o carro mais longe, passam por cima da porteira e acampam no local”.

O secretário de Segurança Pública de Guaratinguetá, Marco Antônio ‘Major’ Oliveira, respondeu que nas situações em que há invasão de propriedade particular, é recomendado acionar a Polícia Militar através do 190.

Sobre o Gomeral, o secretário afirmou que não foi feita nenhuma fiscalização pela secretaria na região até o momento. “Ressaltamos a importância da conscientização de todos quanto ao isolamento social. Em hipótese alguma deve haver aglomerações. Estamos recebendo denúncias e conforme o caso é repassado a secretaria da Fazenda, Vigilância Sanitária, Fiscal de Postura, mas isso principalmente em casos na área central”, explicou. “No caso de acampamento, pessoas indo para a área rural, dependendo da situação cabe o acionamento da Polícia Militar”, concluiu.

Compartilhar é se importar!

2 comentários em “Visitas ao Gomeral durante quarentena preocupam moradores, que pedem respeito ao isolamento social

  • 12 de maio de 2020 em 21:46
    Permalink

    Gostaria que fizessem matéria incluindo minha cidadezinha de Canas,sobre número de contaminados ou suspeitos….

    Resposta
  • 14 de maio de 2020 em 11:18
    Permalink

    Saudações Nota zero para a maioria da população da cidade de Guaratinguetá … Idosos em plena pandemia em situação de rua … Nenhuma acção social … Várias pessoas sem máscaras nas ruas … Bares funcionando … Não funciona acionar a policia ou a ouvidoria … Abominável… Agradeço.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?