Título da Mocidade quebra tabu de 27 anos no Carnaval de Guará

Conquista é a segunda da agremiação, que desbancou Acadêmicos e Tamandaré para liderar apuração de ponta à ponta

Mocidade Alegre, escola campeã do Carnaval 2019 em Guará (Foto:Leandro Oliveira).
Mocidade Alegre, escola campeã do Carnaval 2019 em Guará (Foto:Leandro Oliveira).

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

O sonho descrito no samba-enredo da Mocidade Alegre foi realizado. A homenagem à paulistana Acadêmicos do Tatuapé, bicampeã da primeira divisão do Carnaval da capital em 2017 e 2018, serviu de inspiração para a agremiação de Guaratinguetá. Após 27 anos de espera, o troféu de campeão voltou para o Pedregulho.

A apuração, realizada na Câmara Municipal, só foi definida no último jurado do último quesito. A bateria ditou o ritmo final da contagem de notas, que terminou com muita emoção. O que havia começado bem para a Mocidade, com cinco notas dez consecutivas, terminou com a nota necessária para o título: 9,9.

Com 267,2 pontos, a Mocidade viu as concorrentes ficarem para trás. Então campeão, o Acadêmicos do Campo do Galvão ficou em segundo, com 262,3, seguido de perto pela Unidos da Tamandaré, com 262,2. Beira Rio, com 261,7 e Bonecos Cobiçados, com 258,6, fecharam a classificação final do Carnaval 2019.

A escola faturou ainda os estandartes de ouro dos quesitos mestre sala e porta bandeira, alegorias e adereços, samba enredo, evolução e fantasia. A Tamandaré ficou com os estandartes de harmonia e comissão de frente e o Acadêmicos levou para o Campo do Galvão os estandartes de enredo e bateria.

“É um sentimento de muita felicidade, de dever cumprido. Todo aquele projeto que começamos há nove meses, ontem (terça-feira), a gente concretizou com muito mérito na avenida. Foi um desfile belíssimo, à altura da homenagem para a Acadêmicos do Tatuapé”, exaltou o presidente da agremiação, Gabriel Barros, em entrevista ao Jornal Atos. “Parabéns Mocidade Alegre, parabéns Pedregulho. Esse título é da nossa comunidade, que compareceu, trabalhou e nos incentivou nesse período”, comemorou.

A Mocidade só tinha um título do Carnaval de Guaratinguetá, conquistado em 1992. Na época, a escola terminou a apuração empatada com o Acadêmicos do Campo do Galvão e as duas agremiações foram declaradas campeãs. Desde então, a Mocidade oscilava nas disputas e permanecia atrás das maiores vencedoras da cidade (Embaixada, Acadêmicos e Tamandaré). O título faz a escola empatar com a Beira Rio, que também tem duas conquistas.

Já com os troféus, os representantes da diretoria da Mocidade Alegre foram para a sede da escola de samba comemorar o título. A quadra recebeu seus membros e foliões do Pedregulho e bairros próximos, além de componentes de outras agremiações que foram parabenizar a direção da Mocidade pelo primeiro lugar em 2019.

Disputa cheia? O secretário de Turismo de Guaratinguetá, Felício Murade, foi indagado sobre a presença das seis escolas de samba da cidade que permanecem ativas para os desfiles de 2020. Em 2018, a Beira Rio não desfilou, devido a problemas financeiros. Neste ano, a Embaixada do Morro não foi para a avenida pelo mesmo motivo e por luto, devido ao falecimento do presidente da agremiação.

“Nossa intenção é de que as seis agremiações participem e desfilem. Esse é o ideal, pois elas se fortalecem. Neste ano nós tivemos apenas cinco agremiações, e o Carnaval foi de excelente qualidade, mas para 2020 queremos as seis e a volta da Embaixada”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?