Suspensão de licitação da Zona Azul de Guará chega ao terceiro mês sem prazo para reabertura

Escolha de empresa que vai controlar o estacionamento rotativo foi suspensa em fevereiro; secretário não tem previsão para retomada

Movimento no Centro de Guará; cidade ainda não tem previsão para retomar licitação do Zona Azul (Foto: Leandro Oliveira)
Movimento no Centro de Guará; cidade ainda não tem previsão para retomar licitação do Zona Azul (Foto: Leandro Oliveira)
Leandro Oliveira
Guaratinguetá
Suspensa em fevereiro, a licitação que vai definir a nova gerenciadora da Zona Azul de Guaratinguetá permanece paralisada. A secretaria de Mobilidade Urbana e Segurança, responsável pelo projeto, não tem previsão de quando o certame será retomado.

Sem o sistema de estacionamento rotativo, os motoristas que precisam ir até a região central de Guaratinguetá sofrem para conseguir encontrar vagas livres. Ruas como Nove de Julho, Sete de Setembro, Rafael Brotero e Duque de Caxias são quatro das que mais concentram veículos estacionados por horas. “Tem gente que trabalha por aqui, vem de carro, deixa o veículo na vaga de manhã e só tira no fim da tarde. Enquanto isso, outros motoristas que precisam ir a bancos ou em alguma loja precisam estacionar longe do destino ou deixam o carro em estacionamento. Com a Zona Azul era bem mais fácil, pois tinha rotatividade. Nunca alguém ficava por horas no mesmo lugar ocupando uma vaga que poderia ser usada por outras pessoas”, contou Juliano Oliveira, morador do Engenheiro Neiva.A suspensão foi feita após empresas concorrentes na licitação darem entrada com apontamentos no Tribunal de Contas do Estado. O TCE suspendeu o certame temporariamente, mas quase três meses após a suspensão, o processo de contratação ainda não foi retomado. O secretário de Mobilidade Urbana, Marco Antônio ‘Major’ de Oliveira, afirmou que o setor recebeu a avaliação do TCE e está elaborando a correção do documento.
“A nossa secretaria e a Administração está analisando todos os quesitos apresentados para em breve fazermos uma nova abertura do edital referente ao estacionamento rotativo”, afirmou.

Indagado sobre prazos para a reabertura do processo e escolha da empresa vencedora, o secretário respondeu que não tem previsão de datas. “Ainda está sendo analisada pela secretaria de Administração todos os quesitos apresentados pelo TCE,para que possamos publicar, fazer a correção e complementações do novo edital”, concluiu.

Sete empresas demonstraram interesse no certame, e a maioria fez visitas técnicas ao município em fevereiro. Na última semana surgiu um boato de que a licitação teria sido cancelada, o que foi negado pelo secretário, que confirmou que o processo licitatório segue suspenso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?