Nova sede da Prefeitura de Guaratinguetá tem expectativa de economia para a cidade

Com mudança para Chácara Seles, secretaria de Saúde vai assumir prédio da Jacques Félix; avaliação do Executivo é que trocas representam redução de R$ 240 mil nos gastos anuais

O prefeito Marcus Soliva, o vice-governador Márcio França e o vice-prefeito Regis Yassumura, durante inauguração da nova Prefeitura (Foto: Divulgação PMG)
O prefeito Marcus Soliva, o vice-governador Márcio França e o vice-prefeito Regis Yasumura, durante inauguração da nova Prefeitura (Foto: Divulgação PMG)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

A nova sede da Prefeitura de Guaratinguetá foi inaugurada na última quarta-feira, no bairro Chácara Seles. A expectativa é de economia com as mudanças. De acordo com o Executivo, somente a passagem da secretaria de Saúde para o antigo prédio da Prefeitura, na rua Jacques Félix, deve gerar uma redução de gastos de mais de R$ 200 mil aos cofres municipais.

Mais espaçoso e com vinte salas a mais do que o antigo prédio, o novo paço fica na rua Aluísio José de Castro, nº 14. Na nova sede, os setores de protocolo, fiscalização, divida ativa, cadastro imobiliário e banco atenderão no térreo.

No primeiro andar ficarão a secretaria de Administração, o departamento pessoal, a licitação e compras além do expediente. As secretarias de Justiça e Cidadania, Fazenda e o setor de contabilidade atendem no segundo andar. No terceiro, serão instalados o gabinete, assessorias, Relações Institucionais e a Comunicação.

Além das lideranças do Executivo e dos vereadores de Guaratinguetá, quem também participou da inauguração foi o vice-governador, Márcio França (PSB), que passou pela cidade entre terça e quarta-feira (leia texto na página 3).

O contrato pela locação do imóvel tem duração de cinco anos. Segundo o prefeito Marcus Soliva (PSB), todo investimento feito em reforma e construção foi bancado pelo proprietário do imóvel.

“Foi feito pelo proprietário do imóvel de acordo com o projeto apresentado pela arquiteta, em comum acordo com a gente. Conseguimos os espaços que precisávamos. Ampliamos mais vinte salas em relação ao que era a Prefeitura anterior”, contou o prefeito.

Com a saída da Jacques Félix, no São Benedito, o antigo prédio usado como sede pela Prefeitura será ocupado em breve pela secretaria de Saúde. As trocas devem gerar economia mensal aos cofres públicos. “Ela (secretaria de Saúde) terá condições de abrigar todo o seu departamento no prédio anterior. Terá mais organização, e tudo isso com uma redução no custo de aluguéis em torno de R$ 20 mil por mês, o que dá aproximadamente R$ 240 mil por ano”, concluiu.

Vereador contesta – Antes da troca de sede do Executivo, o vereador Décio Pereira (PMDB) apresentou um requerimento pedindo as certidões do contrato e do registro do imóvel, alegando ser importante ter acesso aos documentos.

“A gente só quer uma informação do Executivo da atual necessidade de alugar um novo prédio, sendo que o ex-prefeito Francisco Carlos (PSDB) tinha a Prefeitura na Jacques Félix e não tinha necessidade de locar outro prédio. O que mais aborrece é saber que esse imóvel foi locado em 31 de março de 2017 até dezembro deste ano, no valor de R$ 14.190, sem necessidade já que o prédio não estava sendo usado ainda”, afirmou o peemedebista.

Até o fechamento desta edição o requerimento apresentado por Décio Pereira não havia chegado ao Executivo.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?