Marcus Soliva espera mudanças de prédios públicos entre PS e delegacia ainda neste ano

Prefeito garante que melhora na saúde passa por terceirização e mudança de sede do Pronto Socorro

O prédio da delegacia de Guaratinguetá (ao fundo), um dos que passarão por mudanças para criação de novo sistema no município (Foto: Arquivo Atos)
O prédio da delegacia de Guará (ao fundo), um dos que passarão por mudanças para criação de novo sistema no município (Foto: Arquivo Atos)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

Indicado pelo prefeito de Guaratinguetá, Marcus Soliva (PSB), como principal “gargalo” da administração municipal desde a época que atuava como vereador, a saúde pública ainda é o setor que carece de mais atenção. Soliva assegurou que o setor tem apresentado melhoras, e garantiu a abertura da licitação para terceirização do Pronto Socorro e mudança de sede do atendimento.

Quando Geraldo Alckmin (PSDB), governador à época, passou por Guaratinguetá e assinou a cessão de um prédio do Estado para a Prefeitura montar o novo Pronto Socorro Municipal, a expectativa era de que ainda neste ano as mudanças pudessem ser realizadas. A assinatura foi firmada em 28 de fevereiro e, desde então, o Executivo trabalha com as trocas de sedes.

O novo Pronto Socorro funcionará no prédio de duas delegacias civis e do plantão policial. A Delegacia da Mulher e Delegacia de Polícia serão transferidas para a praça Joaquim Vilela, prédio da antiga escola Embaixador Rodrigues Alves. O Plantão Policial vai para a avenida João Pessoa, no Pedregulho. Outra mudança confirmada foi do núcleo pedagógico para a Escola Flamínio Lessa.

Por se tratar de mudanças complexas e estruturações dos prédios, tudo tem sido feito com calma para que não sejam constadas possíveis falhas futuras. A nova sede do Pronto Socorro, ainda que esteja apenas no papel, é apontada pelo prefeito como uma solução para os problemas do setor no município.

“Estamos fazendo a terceirização do Pronto Socorro, que terá seu edital lançado nos próximos dias, também na construção do novo PS e reforma dos postos de saúde”, destacou Soliva. “Não é da noite para o dia que melhora”, concluiu o prefeito, que garantiu ainda que apesar de não ser uma conta barata, o Executivo tem conseguido investimento para o setor.

Para que a cessão fosse aprovada e, consequentemente, as mudanças autorizadas, foi preciso negociar por quase um ano com o Governo do Estado. As ocupações dos novos espaços, de acordo com o cronograma apresentado à época, devem ser concluídas ainda em 2018, assim como a abertura da licitação do Pronto Socorro por meio de contratação de uma organização social.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?