Geração de empregos tem salto positivo na região

Levantamento do Caged aponta para criação de 1.947 novas vagas no mês de agosto; Pinda lidera ranking regional

fffffffff (Foto: Marcelo dos Santos)
Geração de empregos apresenta dados positivos na RMVale; Pinda segue em primeiro lugar do ranking da região (Foto: Marcelo dos Santos)

Letícia Noda
Região

A economia da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) gerou 1.947 vagas de emprego com carteira assinada no mês de agosto, segundo dados divulgados na última quarta-feira pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). No mesmo mês do ano passado foram criadas 1.141 vagas formais.

O saldo é a diferença entre contratações e demissões, colocando agosto como o segundo mês consecutivo gerando novas vagas no mercado de trabalho após dois meses seguidos de saldos negativos.

Em 2019, os meses com saldo positivo de empregos foram fevereiro com 1.363 vagas, abril (com 1.049) e julho (com 830). Apresentaram saldo negativo os meses de março com -1.138, janeiro (-663), maio (-147) e junho (-106 vagas).

Entre os meses de janeiro e agosto foram criadas 4.169 vagas de emprego com carteira assinada na região, segundo o Ministério da Economia, o melhor resultado para o mesmo período desde 2013, quando a região obteve 4.466 novos postos de trabalho.

Durante o oitavo mês do ano, a geração recorde foi no setor de serviços, abrindo 1.037 vagas, que vem se recuperando após corte por três meses seguidos. Em seguida vem o comércio, com 504 oportunidades abertas e a construção civil, com 345. A administração pública abriu 111 empregos e a indústria, 105.

As cidades que mais abriram postos de trabalho em agosto da RMVale foram São José dos Campos, com 691; Jacareí vem em segundo lugar com 260 empregos no mês; seguida de Taubaté com 225.

No acumulado do ano, o setor de serviços também mantém maior saldo da região, com 2.320 postos criados. A construção civil criou 1.456, a administração pública foi responsável por 934 vagas, e a indústria, 614.

Nos oito primeiros meses de 2019, Pindamonhangaba se manteve no primeiro lugar no ranking da RMVale com 1.010 empregos gerados, seguida por Campos do Jordão com 1.003 e Guaratinguetá com 421. Outras cidades com saldo positivo no período foram Piquete com 142 vagas, Cruzeiro com 104 e Lorena com 74 postos.

Já as cidades do Litoral Norte se mantiveram nas últimas colocações do ranking, apresentando saldo negativo, casos de Caraguatatuba, com -136 vagas e Ubatuba, com -784.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?