Estado repassa R$ 4 milhões para reforçar estrutura turística da região

Guará recebe apoio para melhoria na Estrada Cênica do Gomeral; verba contempla também Lavrinhas e São Sebastião

A estrada Júlio Mesquita Filho, na zona rural de Guará; Estado repassa R$ 4 milhões ara turismo regional (Foto: Divulgação)

Lucas Barbosa
RMVale

Buscando fortalecer o setor turístico da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte), o Governo do Estado destinou na última semana R$ 4 milhões para que quatro municípios promovam melhorias estruturais em pontos de visitação. Guaratinguetá, Lavrinhas e São Sebastião estão entre as cidades beneficiadas com os recursos.

De acordo com a secretaria estadual de Turismo, no fim de outubro foram repassados R$ 23 milhões, através do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos), para que cinquenta cidades paulistas, consideradas estâncias ou de interesse turístico, invistam em obras que as tornem mais atrativas para visitantes.

Segundo a pasta, comandada pelo secretário Vinicius Lummertz, São Sebastião foi o município da RMVale que recebeu a maior ‘fatia’ do apoio financeiro. Contemplado com R$ 3,170 milhões, o Município deverá obrigatoriamente aplicar o montante nas pavimentações e urbanizações da avenida Magno Bittencourt, no bairro Barra do Una, e da rua dos Bacuris, no bairro Juréia, que ligam as principais praias da cidade.

Beneficiada com R$ 354 mil, Igaratá promoverá a revitalização e sinalização turística de cinco praças distribuídas pelo município.

Atendendo ao pedido da Prefeitura de Lavrinhas, o Estado destinou R$ 250 mil para a conclusão da construção da Casa do Artesão, que atuará em 2021 na comercialização de artesanatos e outras peças manuais confeccionadas pelos moradores.

Já Guará, recebeu R$ 298 mil para a adequação de um trecho da estrada Júlio Mesquita Filho, a estrada cênica do Caminho da Fé, que dá acesso ao bairro Gomeral na zona rural. De acordo com a Prefeitura, o Estado já havia repassado no início do ano R$ 896 mil para a recuperação de outros cinco pontos da estrada. A expectativa municipal é que o serviço seja concluído em até seis meses, possibilitando que os moradores e turistas trafeguem com mais segurança pela região, que conta com diversos atrativos naturais e gastronômicos.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?