Com três pautas prioritárias, Codivap elege novo presidente

Prefeito de Santo Antônio do Pinhal chefia consórcio ao lado de Teca Gouvêa

Diretoria do Codivap, eleita na última semana; órgão discute ações políticas para auxiliar melhorias para municípios do Vale do Paraíba (Foto: Reprodução)
Diretoria do Codivap, eleita na última semana; órgão discute ações políticas para auxiliar melhorias para municípios do Vale do Paraíba (Foto: Reprodução)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

O Codivap (Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba) elegeu seu novo presidente na última sexta-feira. Prefeito de Santo Antônio do Pinhal, Clodomiro Correia de Toledo Junior, o Junior Advogado (PSD), assumiu o lugar do prefeito de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB), como líder do Consórcio. Teca Gouvêa (PSB), prefeita de Piquete é a primeira vice, e Sato (PSD), prefeito de Ubatuba o segundo.

A reunião que definiu as diretrizes do órgão e a eleição da nova gestão durou aproximadamente duas horas e meia, e foram realizadas na sede da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista. Ao fim do encontro, Ortiz Junior lembrou das prioridades em questões que o Codivap pode interferir politicamente por meio da sua pressão de prefeitos, como saúde, segurança pública e da rodovia Presidente Dutra.

Saúde e segurança são antigos problemas da região. As santas casas da região operam no limite, muitas vezes acima do teto financeiro. Prontos socorros lotados, demora para marcação de consultas e falta de medicamentos também fazem parte da realidade de praticamente todas as cidades do Vale.

Quanto à segurança, a situação também é caótica. Proporcionalmente, o Vale do Paraíba é a região mais violenta do Estado. Crimes como tráfico de drogas, furtos, assaltos e até assassinatos se tornaram frequentes nos noticiários locais.

Já com relação à Via Dutra, o temor dos membros do Codivap é de que a CCR Nova Dutra não realize nenhuma obra na rodovia até 2021, já que este será o ano em que será realizada uma nova licitação para os serviços na rodovia, pelo Ministério dos Transportes. O Consórcio agendou uma reunião com o Ministério para debater as obras emergenciais no trecho que corta o Vale do Paraíba. As informações preliminares são de que os prefeitos vão à Brasília no início de abril discutir a pauta com o ministro Maurício Quintella.

O novo presidente do Codivap trata os três setores como essenciais para o desenvolvimento da região. “Na saúde temos uma questão de ordem sobre o que é obrigação da cidade e do Estado. De qualquer forma, o atendimento sempre vai refletir na imagem do prefeito”, comentou Toledo Junior.

O novo presidente destacou que a região continua como a mais violenta de São Paulo, mas que o órgão vai cobrar uma resposta do Estado. “A Dutra, por sua vez, é nossa principal artéria, e por isso vamos nos unir para tentar esse diálogo com o Ministério ou a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)”, concluiu.

A vice-presidente Teca Gouvêa acredita que com a união dos prefeitos, a tendência é de que o desenvolvimento seja igual para as maiores e menores cidades. “Senti que estamos unidos. Esse é o único fórum político dos prefeitos do Vale do Paraíba. Fomos eleitos em chapa única, através de um consenso de todos os prefeitos. Queremos mudar o comportamento para mostrar força política e trazer benefícios para nossa região”, respondeu.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?