Com presença de Temer, Soliva entrega Flamboyant

Cinco anos depois do prazo inicial, Prefeitura repassa 528 chaves às famílias beneficiadas por Minha Casa, Minha Vida

O prefeito Marcus Soliva durante entrega das chaves do Residencial Flamboyant; 528 famílias foram contempladas (Foto: Leandro Oliveira)
O prefeito Marcus Soliva durante entrega das chaves do Residencial Flamboyant; 528 famílias foram contempladas (Foto: Leandro Oliveira)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

As moradias do Residencial Flamboyant foram entregues nesta sexta-feira (14) em Guaratinguetá. Com atraso de cinco anos, os moradores receberam as 528 chaves dos blocos 1, 2 e 3. A cerimônia contou com a presença do presidente da República, Michel Temer (MDB). O conjunto habitacional teve um custo de R$ 48,6 milhões pelo programa ‘Minha Casa, Minha Vida’.

Cada moradia tem 42m² e conta com sala, cozinha, banheiro, dois quartos e área de serviço. O contrato para construção do residencial foi assinado em 2012, na gestão do ex-prefeito Junior Filippo (PSD). O prazo inicial de entrega era 2013, mas as obras sofreram paralisações, atrasando o repasse para as 528 famílias.

Na gestão de Francisco Carlos Moreira (PSDB), foi colocado um novo prazo para entrega, em 2015, que também não foi cumprido. Desde que assumiu a Prefeitura em 2017, Marcus Soliva (PSB) tem dito que as moradias eram uma das prioridades do seu governo. O último prazo de entrega vencido foi em junho desse ano. Durante cerimônia com os contemplados, o prefeito se emocionou ao falar sobre a conquista das famílias.

“Tivemos um momento especial, a visita a uma unidade habitacional que é casa da Tatiane Cristiane dos Santos. Ela tem oito filhos, mora no Santa Luzia, numa casa de dois cômodos e agora realizou o sonho da casa própria. É muito emocionante. Eu disse ao presidente Temer que esses momentos gratificam tudo que a gente passa na vida pública”, respondeu Soliva, com a voz embargada, sob aplausos.

Ao discursar durante a cerimônia, Michel Temer elogiou a infraestrutura da construção e pediu que as moradias sejam conservadas pelos moradores. Ele conheceu as instalações, visitou uma das habitações, sorteada e mobiliada pela construtora, e pediu que outras duas moradias fossem mobiliadas. O presidente entregou as chaves a cinco famílias contempladas, conversou com moradores e tirou fotos.

“É uma grande parceria entre a União e a Prefeitura. Até disse na minha fala que entregamos mais de setecentas mil casas ao longo do tempo e temos outras trinta mil para entregarmos até o fim do ano. Acho que é um grande programa, que retomamos com muita velocidade e está dando os melhores resultados para os mais vulneráveis”, exaltou Temer.

Habitação – Guará tem um déficit habitacional de cerca de três mil moradias, segundo o Executivo. A atual gestão trabalha com o cronograma de cinco anos para zerar a fila de espera. “São pessoas que aguardam, não só do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. A gente tem ainda diversos loteamentos sendo lançados em Guaratinguetá. Temos oito em processo de aprovação”, afirmou o prefeito.

Soliva ressaltou que as obras do Residencial Flamboyant estavam paralisadas entre 2015 e 2017, e foi necessário substituir a empresa que executava a obra, através de nova licitação. As modificações foram feitas em parceria com a Caixa Econômica Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>