Cidades da região têm boa nota em avaliação sobre destinação do lixo

Piquete é o município que teve maior avanço, de 5,6 para 9,8, segundo a Cetesb; Cruzeiro investe R$ 150 mil por mês em tratamento de resíduos domésticos

Acúmulo de lixo e entulho em via pública; cidades da região ainda falham no tratamento dos resíduos sólidos, mas operações avançaram (Foto: Arquivo Atos)
Acúmulo de lixo e entulho em via pública; cidades ainda falham no tratamento dos resíduos sólidos, mas operações avançaram (Foto: Arquivo Atos)

Miguel de Sá
Região

Aparecida, Cachoeira Paulista, Canas, Cruzeiro, Cunha e Piquete receberam boas notas na avaliação anual da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado do São Paulo) pela destinação correta do lixo. De acordo com dados anunciados entre 2011 e 2017, dos 37 municípios 22 alcançaram melhoria sobre tratamento do lixo.

Piquete teve destaque pela recuperação no IQR (Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos), que era de 5,6 para 9,8.
Entre outros municípios que tiveram melhora no IQR, Aparecida, Canas, Cruzeiro, Cunha e Cachoeira saltaram de 8,4 para 9,8.

Nenhum município foi classificado de “condição inadequada”, para notas abaixo de 7. Arapeí e Bananal não foram classificadas por destinarem o lixo em Barra Mansa, Estado do Rio de Janeiro.

Outro município que obteve destaque na coleta e destinação de resíduos domésticos foi Cruzeiro. De acordo com o secretário do Meio Ambiente da cidade, Carlos Nilton, a Prefeitura está investindo R$ 150 mil por mês, com soma anual de R$ 1,8 milhão, para deixar as ruas menos entulhadas de lixos urbanos. “São quatro caminhões de lixo disponíveis para coleta por dia, e as toneladas de lixo coletado vão para o aterro de Cachoeira Paulista”, comentou o secretário.

No ano passado, a Prefeitura de Cruzeiro recebeu multa da Cetesb por utilização irregular do aterro no bairro do Itagaçaba. Em consequência, foi alvo de críticas e reclamações dos moradores pelo atraso na coleta de lixo doméstico. Desde então o lixo é depositado em Cachoeira Paulista.
O aterro de Cachoeira, dirigido pela Vale Soluções Ambientais, é destino do lixo doméstico de cidades como Areias, Lorena, Cruzeiro, Canas, Cunha, Silveiras, Potim, Roseira, Passa Quatro e Queluz.

De acordo com um dos funcionários do aterro, Anderson José Vieira, o local também recolhe resíduos industriais. “Todos os dias chega lixo da empresa Electra da cidade, da Saeg (Companhia de Serviço de Água, Esgoto e Resíduos de Guaratinguetá) e Eppo Saneamento Ambiental de Obras de Lorena”.

Nota máxima – Caçapava, Campos do Jordão, Lagoinha, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Santo Antônio do Pinhão, São Bento do Sapucaí, Taubaté e Tremembé foram cidades da região que obtiveram nota 10 na avaliação da Cetesb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>