Campanha contra HPV se intensifica com doses permanentes na região

Unidades de saúde devem disponibilizar a vacina; cerca de 54,6% dos jovens entre 16 e 25 anos estão infectados no País

Vacinação contra HPV; campanha do Ministério da Saúde mantém disponibilização permanente de doses (Foto: Reprodução)
Vacinação contra HPV; campanha do Ministério da Saúde mantém disponibilização permanente de doses (Foto: Reprodução)

Da Redação
Regional

Doses da vacina contra o HPV (papiloma vírus humano) estão disponíveis nas unidades de saúde de toda a região. O Ministério da Saúde alertou, no início do mês, para a necessidade da vacinação, que conta agora com disponibilização permanente.

De acordo com a secretaria Estadual da Saúde, cerca de 104 mil adolescentes e pré-adolescentes ainda precisam ser imunizados. A faixa etária para a imunização é entre 9 e 14 anos para as meninas e de 11 a 14 anos para os meninos.

No Brasil, cerca de 54,6% dos jovens entre 16 e 25 anos estão infectados, de acordo com levantamento do Ministério.

O processo de imunização é dividido em duas etapas: a primeira com aplicação seis meses antes da segunda. Do total de menores que precisam ser vacinados, cerca de 48 mil garotas e 57 mil garotos, precisam ainda receber a primeira dose.

A vacina contra o HPV foi incorporada no Calendário Nacional de Vacinação desde 2014. Nesses quatro anos, o trabalho atingiu 45,1% da população-alvo feminina integralmente imunizada. Já a taxa masculina, que está em dia com a dose, é de 13,1%.

A medida é capaz de prevenir verrugas genitais e diversos cânceres que atingem ambos os sexos, como no colo de útero e vagina para as mulheres e outros do sexo masculino, como de próstata e pênis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>