Câmara vota antecipação de eleição da presidência de Guará

Proposta passa por primeira de duas votações necessárias; oito dos 11 vereadores assinaram projeto com foco em 2019

Celão e João Pita; vereadores de Guará votam antecipação de eleição (Foto: Arquivo Atos)
Celão e João Pita; vereadores de Guará votam antecipação de eleição (Foto: Arquivo Atos)
Leandro Oliveira
Guaratinguetá
A votação que vai definir a nova mesa diretora para o segundo biênio da Câmara de Guaratinguetá caminha para ser antecipada. A proposta foi feita pela atual mesa diretora, composta por cinco parlamentares, além de outros três vereadores. Com oito dos 11 votos a favor, o projeto já passou pelo primeiro dos dois turnos necessários para aprovação. São necessários dois terços dos votos na Casa.

Com a assinatura de oito vereadores, a tendência é de que a proposta de emenda à Lei Orgânica passe pelo plenário sem dificuldades na segunda votação. O primeiro turno de votos foi realizado na última terça-feira. Votaram a favor do pedido os vereadores Marcelo Coutinho, o Celão (PSD), Pedro Sannini (PTB), Marcos Evangelista (PSDB), João Pita (PSB), Luizão (PP), Marcelo da Santa Casa (PSD), Márcio Almeida (PPS) e Tia Cleusa (MDB). Os votos contrários foram de Nei Carteiro, Fabrício da Aeronáutica e Cleber Campos (suplente), todos do MDB.

A proposta foi aprovada por todas as bancadas que compõem a atual legislatura. Marcos Evangelista explicou o motivo por ter votado a favor. “A justifica usada na proposta se pautou na possibilidade de haver uma transição, caso haja mudança na presidência. Então o processo de transição iria de setembro a dezembro, o que garantiria ao presidente eleito ir recebendo a função aos poucos e tomando conhecimento dos trâmites. Isso é positivo”, salientou.

Evangelista citou ainda que com a antecipação, o caminho para angariar votos na Casa fica maior. “Entendo que as articulações internas garantem aos candidatos à presidência e à mesa diretora os votos necessários. O que fazemos é antecipar as buscas pelos votos que a pessoa terá. Não vejo muita diferença, antecipar três meses”, concluiu.

Presidente da Casa, Celão ressaltou que o projeto foi feito pela maioria dos parlamentares, e explicou seu posicionamento quanto a iniciativa. “Pensando no bem da Câmara Municipal e no estado democrático que vivemos, achamos por bem antecipar essa eleição e fugirmos do período eleitoral. Não adianta dizermos que partidos acabam tentando interferir no voto do vereador, isso seria algo fora da rotina do dia a dia. Os partidos acabam tentando influenciar sim. Tivemos assinaturas de todas as bancadas”.

Após ter sido aprovada em primeira votação, a proposta será votada novamente no próximo dia 21. Caso haja aprovação, a eleição que vai definir a mesa diretora do segundo biênio da atual legislatura será realizada após a última sessão plenária, no dia 30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>