Após foco de incêndio e rachaduras no solo, Prefeitura de Guará encerra descarte de entulho no Santa Luzia

Com recomendação do Ministério Público para fechar, nova área em Guaratinguetá está em fase final do projeto

Entulhos aguardam retirada em bairro de Guará; Prefeitura anunciou fim de descarte no Santa Luzia (Foto: Arquivo Atos)
Entulhos aguardam retirada em bairro de Guará; Prefeitura anunciou fim de descarte no Santa Luzia (Foto: Arquivo Atos)
Estéfani Braz
Guaratinguetá
Um princípio de incêndio deixou em alerta a secretaria de Meio Ambiente, em Guaratinguetá, para o acúmulo de materiais sem utilidade no Parque Ambiental do Santa Luzia. O local foi fechado para o descarte de entulho e uma nova área está em fase de aprovação pela Prefeitura.

De acordo com a secretária de Meio Ambiente, Giane Brezolin, o local já tinha uma recomendação para ter as atividades encerradas. “A recomendação era do Ministério Público, Gaema (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente), Procuradoria da Justiça e respaldado pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Acontece que quando assumimos em janeiro, nos deparamos com essa situação, porém, com 27 pontos de descarte irregular no município”.

Com a necessidade de uma limpeza emergencial e o alerta de surto de dengue, o fechamento do local foi adiado. Recentemente, um princípio de incêndio e rachaduras no solo fizeram com que a medida fosse repensada, já que caso o fogo se alastrasse, seriam cinco anos de material queimados. Além disso, as rachaduras colocam em risco a vida de quem trabalha no local.

A secretária lembrou ainda a importância de colocar nas caçambas apenas os restos de construção civil. “Pedimos para que não misturem com plástico ou papelão, porque vamos receber as caçambas com o entulho limpo. Temos um triturador e esse material é destinado às estradas rurais e aos bairros que não tem pavimentação”.

A Prefeitura recebe pneu e madeiras despejadas em caçambas. “Se vier material misturado, nós não vamos estar recebendo”.

Um novo aterro de inertes está em fase de licenciamento pela Cetesb. A área, que está em fase final de projeto, recebeu o parecer de viabilidade técnica para implantação, e ficará localizada no bairro Vila Brasil.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?