Acordo com Federação Paulista devolve sede da Copa São Paulo a Guará

Prefeitura havia confirmado que cidade não tinha condições financeiras de arcar com competição; FPF deve arcar com metade dos gastos com grupo

Lance da vitória do Manthiqueira sobre o Coritiba em 2017; equipe deve representar a cidade em janeiro (Arquivo Atos)
Lance da vitória do Manthiqueira sobre o Coritiba em 2017; equipe deve representar a cidade em janeiro (Arquivo Atos)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

Depois de ter confirmado que Guaratinguetá não tinha condições de sediar a Copa São Paulo de 2019, a Prefeitura voltou atrás. Nesta semana, o secretário de Esportes, Joel Pinho, indicou mudança nos planos, após parceria com a FPF (Federação Paulista de Futebol), que vai custear as despesas de duas equipes.

Como o Manthiqueira representará a cidade e tem sede no município, caberá à Prefeitura o custeio de apenas um time.

A negativa sobre a sede da Copa em Guaratinguetá havia sido feita após publicação do decreto de contingenciamento de recursos do Executivo, feito há duas semanas.

A Copa São Paulo é um dos principais eventos do futebol de categorias de base no País, e também é destaque do calendário esportivo do município, desde 2017.

O custo total com essas despesas se aproximava dos R$ 340 mil, gastos desde hospedagem, alojamento, translado e alimentação das equipes participantes e sediadas em Guaratinguetá.

Com as contas da Prefeitura passando por situação delicada, há uma semana Marcus Soliva afirmou em coletiva de imprensa que os compromissos financeiros do município “estão no amarelo”, cor que representa sinal de alerta. Cortes em investimentos foram feitos e a competição foi descartada incialmente.

“Recentemente, a FPF trouxe uma nova proposta e resolveu arcar com duas das quatro equipes do grupo. Esse é um acordo da FPF e do Manthiqueira. Tirando o Manthiqueira e as duas equipes bancadas pela Federação, ficará sob nossa responsabilidade a execução do próprio evento no estádio, e o custeio de apenas uma equipe, um valor bem irrisório”, afirmou.

O valor investido pelo município será de R$ 40 mil. Segundo o secretário de Esportes, a organização da Copa São Paulo ficará a cargo de funcionários e comissionados da Prefeitura, sem custo de hora extra.

Os recursos destinados à secretaria de Esportes para este ano foram comprometidos com a realização da Copa São Paulo, ampliação do número de orientadores esportivos, reestruturação do complexo esportivo do Pedregulho, recuperação de veículos para a secretaria, jogos estudantis do município, jogos escolares da rede particular, e resgate e fomento do esporte.

Também foi investido no futebol amador e nas delegações que representaram Guaratinguetá nos Jogos Regionais e Jogos Abertos deste ano. O orçamento para o setor em 2019 ainda não foi fechado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>