Obras que retratam a Natureza seguem expostas em Museu de Cruzeiro

Exposição conta com acervo de artista; município amplia atividades culturais após fazer parte de grupo de cidades do MIT

Carmen Delpino expõe seu acervo particular no Museu Major Novais (Foto: Divulgação PMC)
Carmen Delpino expõe seu acervo particular no Museu Major Novais (Foto: Divulgação PMC)

Da Redação
Cruzeiro

Após a conquista do título de MIT (Município de Interesse Turístico), Cruzeiro intensifica suas atrações culturais. O Museu Major Novaes segue até o final do mês com a exposição Retratos da Natureza, uma boa oportunidade para quem aprecia obras de arte alusivas ao meio ambiente. A entrada é franca.

A Retratos da Natureza é resultado do trabalho de Carmen Delpino, conhecida na cidade como professora Carminha. A artista, formada em Desenho e Pintura pelo Instituto de Belas Artes do Rio de Janeiro, atuou como professora de ballet durante décadas em Cruzeiro e hoje se dedica a pintura em telas.

De acordo com Carmen, as obras retratam um pouco de suas viagens nacionais e internacionais, como paisagens da região, de Cruzeiro, da Inglaterra, Escócia e Canadá. As pinturas são baseadas em suas fotografias registradas nas viagens, sempre com muito verde e azul. Para Carmen, é importante levar ao público a oportunidade de conhecer lugares que talvez não venham a visitar pessoalmente, e principalmente causar essa experiência e a reflexão de que a população deve apreciar e valorizar mais a natureza.

A exposição reforça o laço da professora Carminha com Cruzeiro. Nascida no Rio de Janeiro, morou na cidade durante 43 anos e atualmente reside em São José dos Campos. Me sinto adotada, acolhida por Cruzeiro. Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, foi aqui que tive meus seis filhos, comentou.

Segundo ela, admiradora da natureza, a arte exposta é um toque de sensibilidade as imagens.

A exposição segue aberta ao público no Museu Major Novaes, que fica na rua Dona Titã, 180, na Vila Canevari até o próximo dia 20, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?