Moradores apoiam taxa para salvar Santa Casa de Cruzeiro

Da Redação
Cruzeiro

A saída solicitada pelo provedor da Santa Casa de Cruzeiro gerou polêmica na Câmara, durante a sessão da última segunda-feira, mas na rua, a situação parece diferente. Mesmo desconfiados com o rumo das verbas destinadas à entidade, os moradores parecem dar crédito à administração do hospital.

Em enquete realizada na tarde da última quinta-feira, a reportagem do Jornal Atos falou com os principais interessados na recuperação do atendimento da Santa Casa e do Pronto Socorro, a população. Todos os envolvidos questionaram os motivos que levaram o hospital, referência no atendimento na região, a entrar em séria crise financeira, com acúmulo de R$ 19 milhões em dívidas.

Os cruzeirenses apontaram a Prefeitura, o Estado, o Governo Federal e também a direção da entidade como responsáveis, mas a maior parte se mostrou favorável à implantação da taxa de ajuda econômica à Santa Casa, um crédito essencial para o serviço, que luta para deixar a UTI.

Enquete – Você é a favor da criação da taxa de ajuda à Santa Casa na conta de água?

enquete 1 enquete 2

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?