Cruzeiro reduz índice de criminalidade em 2018

Roubos têm queda de 43% e furtos, 23% no primeiro semestre; PM reforça patrulhamento na cidade

Viaturas no Centro de Cruzeiro; cidade se recupera contra o crime (Foto: Arquivo Atos)
Viaturas no Centro de Cruzeiro; cidade se recupera contra o crime (Foto: Arquivo Atos)
Andreah Martins
Cruzeiro

Com as operações da Polícia Militar no combate ao tráfico de drogas em andamento, Cruzeiro fechou o primeiro semestre com queda nos índices de roubos e furtos. Mesmo localizada na região mais violenta do Estado, a cidade adotou estratégias voltadas para a inibição do comércio de entorpecentes, que resultou na diminuição dos números de crimes patrimoniais (roubos, furtos e homicídios).De acordo com os dados da secretaria de Segurança Pública, a comparação dos seis primeiros meses de 2017 e 2018 demonstra redução de 24% em furtos e 43% em roubos.

O comandante da PM, capitão William Vieira, explicou que o trabalho de monitoramento tem sido intensificado em pontos importantes da cidade. “Voltamos o nosso trabalho para a intervenção direta contra o tráfico de entorpecentes. Estamos saturando os bairros da Vila Loyelo, Vila Batista e Vila Romana, além de iniciar, com menor intensidade, no Itagaçaba. Priorizamos a Loyelo porque a intensidade do tráfico é maior”.

O índice mais alto de roubos foi registrado no mês de maio, que chegou a 22. Já em furtos, junho foi o mês com o número mais elevado neste ano: 84.
Os indicadores que não sofreram alterações durante o primeiro semestre foram de homicídios. Os dois últimos anos fecharam em sete assassinatos neste período.

A PM reforçou a tentativa de coibir esse tipo de crime, mas ressaltou a complexidade da redução. “Monitoramos o crime, mas é difícil ser evitado porque não é algo setorizado. Por isso estamos combatendo o forte tráfico, para conter a comercialização e tentar conter homicídio. Porque é um crime ligado à comercialização”.

A Polícia destacou ainda a importância da ação para que a população tenha mais segurança na cidade. “O intuito nosso é que consigamos quebrar permanentemente o tráfico nos bairros, para que a população de bem tome conta do seu próprio bairro”, afirmou o comandante.

Região – Segundo os números da secretaria de Segurança do Estado, a região do Vale do Paraíba também fechou o primeiro semestre com leve redução dos números.

No ano anterior, foram contabilizados 5.673 furtos neste período, enquanto 2018 o município registrou 4.450 ocorrências, um recuo de 22% no índice. Já em relação a roubos, a queda foi de 13%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>