Cruzeiro aperta o cerco aos carros abandonados

Departamento de Trânsito notifica proprietários de veículos, e promete recolhimento para pátio municipal

Veículos abandonados nas ruas de Cruzeiro; Prefeitura implanta sistema que promete acabar com alto número de carros deixados nas ruas (Foto: Divulgação PMC)
Veículos abandonados em Cruzeiro; Prefeitura implanta sistema para acabar com alto número de carros deixados nas ruas (Foto: Divulgação PMC)

Rafael Rodrigues
Cruzeiro

O Departamento Municipal de Trânsito de Cruzeiro iniciou na última semana uma força tarefa para retirar das ruas da cidade carros abandonados que estejam trazendo incomodo para população. O setor de fiscalização da pasta notificará os proprietários, que terão 15 dias, a partir do recebimento do aviso, para retirarem os veículos das vias públicas.

Segundo o diretor do DMT, Marcelo Garcia, o trabalho começou logo no início do mês de julho. “Foi quando começamos a identificar veículos abandonados, ou que tivessem características. Em seguida fizemos um cadastro e começamos a emitir a notificação”, explicou.
Em caso de descumprimento da solicitação de retirada, os veículos serão levados para um pátio em Cruzeiro. De acordo com Garcia, passados noventa dias do recolhimento o veículo poderá ser levado a leilão.

O local, a princípio destinado para depositar os veículos, pertence à Prefeitura, mas há possibilidade de mudança de pátio. “Mas a tendência é que ele também seja municipalizado”, revelou Garcia, sem esclarecer ao certo onde seriam os espaços.

O diretor destacou também que todos os trâmites, desde a aplicação das notificações aos possíveis leilões dos veículos, serão feitos através de projeto regulamentado e aprovado pela Câmara.

A Prefeitura já realizou licitação para contratação de empresa de guincho, mas não especificou os valores que serão gastos na operação. Garcia frisou que todos os custos serão cobertos pelos proprietários. “O custo poderá ser ressarcido através do pagamento das taxas por parte dos proprietários, quando eles forem retirar o veículo. Vamos cobrar as taxas de recolhimento e a estadia do pátio”, explicou.

Além disso, os valores que serão arrecadados com os possíveis leilões também serão usados pela pasta para melhoria das vias públicas, aplicando os recursos em sinalização e segurança do transido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>