Com desconto de até 100%, Prefeitura de Cruzeiro tenta reduzir dívida ativa

Expectativa da arrecadação é de R$ 1,5 milhão; programa segue em novembro

O prefeito Thales Gabriel, que implantou sistema para contribuintes (Foto: Arquivo Atos)
O prefeito Thales Gabriel, que implantou sistema para contribuintes (Foto: Arquivo Atos)

Rafaela Lourenço
Cruzeiro

A Prefeitura de Cruzeiro abriu neste mês um programa de recuperação fiscal para facilitar os pagamentos de débitos da dívida ativa.

Os descontos a juros e multas para o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) e ISS (Imposto Sobre Serviços) variam de 80 a 100%.

A estimativa é de arrecadar R$1,5 milhão aos cofres públicos.

Com R$ 18 milhões em ações de execução, o governo de Thales Gabriel (SD) priorizou os pequenos devedores com o Refis, já que a maior parte das dívidas são de valores menores, entre R$ 500 e R$ 1 mil. Com o auxílio dos descontos de 80% a 100%, estes, podem ser quitados com mais facilidade. E em caso de processos judiciais, o devedor que participar do programa, não pagará a taxa judiciária nem os honorários advocatícios. Já o valor mínimo mensal do parcelamento para débitos de até o dia 31 de dezembro de 2016 é de R$ 50.

De acordo com o secretário de Finanças, Gabriel Almeida, atualmente são cerca de 1,8 mil processos para audiência de reconciliação no município, número significativo que pode cair, segundo as expectativas, com o plano de descontos. O intuito deste programa é diminuir esse número de ações, porque cada ação tem um custo e se você tem muitas, principalmente desses pequenos devedores, o custo sai muito alto, comentou.

Apesar da estimativa de R$1,5 milhão de recebimentos neste mês, Almeida frisou a importância de qualquer resultado do programa, afirmando que a arrecadação diminui todos os anos para as cidades. A gente já tem o orçamento apertado, então qualquer entrada de verba a mais faz diferença na hora que colocar na balança monetária do município.

Inicialmente, o Refis está disponível apenas para novembro, mas de acordo com a procura dos devedores e também da quantidade de processos que for amenizando, poderá ser feita uma prorrogação.

Os interessados devem ir até o setor de Tributação, que fica na rua Capitão Neco, número 27, no Centro, ou no Cejusc (Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania), no Fórum de Cruzeiro, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>