Caçambas do Saae em Cruzeiro são vandalizadas

Depredações ao patrimônio público ou privado pode ter condenação de um a quatro anos de reclusão, além de multa

Uma das caçambas do Saae vandalizadas em Cruzeiro; prejuízos podem chegar a R$ 3 mil (Foto: Reprodução PMC)

Marcelo Augusto dos Santos
Cruzeiro 

O vandalismo contra caçambas do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Cruzeiro vem crescendo neste mês. Ao todo, três foram incendiadas.

Desde abril, a autarquia aumentou número de caçambas espalhadas no município. Atualmente são 16, com 7 em pontos fixos e outras 9 em locais que estejam com maior demanda.

Elas tem a função de ser um local adequado para o descarte de resto de matérias e evitando novos focos de criadouro do mosquito da dengue, que já vitimou três pessoas neste ano na cidade. “Assim que enche a caçamba, ela é recolhida e trocada. Então, avaliamos se vamos levar o material para o aterro licenciado ou se podemos reutilizar”, afirmou o diretor do Saae, o diretor do Saae, José Kléber.

Ele destacou que os estragos ocasionados, pode gerar um custo de R$ 500 a R$ 3 mil. As caçambas fazem parte do contrato com empresa que gera a coleta de lixo.

Quem for flagrado fazendo a depredações ao patrimônio público ou privado, pode ser condenado de 1 a 4 anos de reclusão, além de multa. As ações podem ser denunciadas pelo telefone 190 da Policia Militar e à Guarda Civil Municipal, no (12) 3145-1299.

 

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?