Turismo de Cachoeira aguarda detalhes para receber título do Estado

Nomeação pode garantir verba de cerca de R$ 600 mil anuais para investimentos em novos projetos no setor

O Santuário do Pai das Misericórdias, um dos destaques da estrutura da Canção Nova, em Cachoeira (Foto: Reprodução)
O Santuário do Pai das Misericórdias, um dos destaques da estrutura da Canção Nova, em Cachoeira (Foto: Reprodução)

Rafaela Lourenço
Cachoeira Paulista

Cachoeira Paulista está a poucos passos de se tornar o primeiro Município de Interesse Turístico da região. Após apontamentos da secretaria de Turismo do Estado, a Prefeitura aguarda os trâmites legais para a conclusão do processo.

O título beneficiará o setor com cerca de R$ 600 mil anuais.
Com o interesse do município em se tornar MIT, o Executivo realizou um relatório técnico com especificações das características turísticas da cidade, encaminhado para a Assembleia Legislativa.

Os deputados encaminharam a documentação para a secretaria do Estado de Turismo. Após aprovação do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos), a proposta aguarda apenas a sanção da lei pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).

De acordo com a Prefeitura de Cachoeira Paulista, todos os processos do MIT retornaram para uma reavaliação da equipe técnica na secretaria do Turismo, o que retardou a tramitação do projeto.

Cachoeira está entre as cidades que receberam apontamentos, mas segundo o Executivo, são itens que não comprometem a validação do título. O governo municipal frisou ainda que não há uma notificação oficial, pois seriam apenas documentos para complementar o relatório já aprovado, como a falta de números a exemplo de quantidade de leitos em relação a hospedagem, e composição do Contur (Conselho Municipal de Turismo).  Eles afirmam ter grande expectativa, e acreditam que até o final do ano a cidade tenha conquistado o título.

A Prefeitura espera que com o MIT consiga estruturar o turismo do município. Com a o título, o setor receberá anualmente cerca de R$ 600 mil, destinados para atividades pré-estabelecidas no Plano Diretor aprovado em 2015. O plano, revisado a cada três anos, com a possibilidade de alterações no projeto, é uma das exigências para que uma cidade possa pleitear o título.

Outra exigência do MIT é que o Comtur trabalhe junto ao Poder Executivo na aplicação e fiscalização dos recursos.
O Estado de São Paulo possui setenta estâncias turísticas e outras 140 nomeações a MIT’s.

A cada três anos, três MITs passam a ser estâncias, e estâncias que não estiverem cumprindo tecnicamente com os requisitos exigidos voltam a ser MITs.

Encontro – Nesta segunda-feira a cidade receberá o 3º Encontro de Turismo de Cachoeira Paulista, realizado anualmente pelo Comtur em parceria com a Prefeitura, Associação Comercial e Canção Nova. A data era esperada para a comemoração e anúncio da aprovação do relatório para conquista do MIT, mas após os apontamentos do Estado, o anúncio teve de esperar.

O encontro terá três palestras, com os temas “Hospitalidade no atendimento ao cliente”, “O papel da iniciativa privada e do setor público no turismo da cidade e “O Santuário do Pai das misericórdias”.

O evento, aberto ao público, será realizado no Clube Literário de Cachoeira Paulista, a partir das 19h.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?